Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1251
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSARMENTO, Aecio Mota-
dc.date.accessioned2017-06-12T13:38:48Z-
dc.date.available2017-06-12T13:38:48Z-
dc.date.issued2017-01-25-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/1251-
dc.descriptionAgradecimentos a empresa ENEVA por fornecer os dados dos fatores ambientais monitorados durante o ano de 2015.pt_BR
dc.description.abstractNos ecossistemas as relações entre o meio biológico e o meio físico conduz a distintas abundâncias e distribuições de organismos vivos, os fatores ambientais podem favorecer ou inibir o desenvolvimento de organismos que são bastante sensíveis às mudanças ambientais, como é o caso dos insetos que às vezes as recebem de tal forma tornando-se um problema, reconhecido como praga. As condições climáticas são reconhecidas como de grande importância para a incidência de pragas por favorecer sua ocorrência o que remete num espaço de tempo a flutuação dos insetos. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a flutuação populacional das ordens de insetos de ocorrência na área de produção de energia a gás da Empresa ENEVA no município de Santo Antônio dos Lopes – MA, delineando a distribuição temporal por meio dos fatores ecológicos, buscando entender as possíveis influências do meio na variação populacional desses insetos. Para isso foi coletado insetos com armadilhas Malaise durante os meses de março a novembro para levantamento da entomofauna na área associada à usina termelétrica, além de dados climáticos monitorados e dados da fisionomia vegetal coletados em visita a área por meio de planilha de campo. Avaliou-se a abundância e a composição amostral das ordens, por meio da média mensal, assim como, a correlação das ordens com os fatores ambientais, e a ocorrência por fitofisionomia e por sazonalidade. Foram coletados insetos representantes de doze ordens, em uma vegetação caracterizada em duas fisionomias, mata de cocais aberta e mata de cocais adensada, sendo que a primeira teve a menor coleta de indivíduos. As ordens Hymenoptera, Diptera e Lepidoptera foram as de maior abundância. Os fatores ambientais influenciaram de forma direta e indireta na ocorrência e abundância da entomofauna local.pt_BR
dc.description.sponsorshipFSADU, FINEPpt_BR
dc.language.isootherpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃOpt_BR
dc.subjectEntomofauna; Fatores ambientais; Interações ecológicas; Flutuação populacionalpt_BR
dc.subjectEntomofauna; Environmental factors; Ecological interactions; Population fluctuationpt_BR
dc.titleINFLUÊNCIA DOS FATORES ABIÓTICOS NA OCORRÊNCIA E PROLIFERAÇÃO DE ORDENS DE INSETOS EM ÁREA ASSOCIADA À USINA TERMELÉTRICA NO MARANHÃOpt_BR
dc.title.alternativeINFLUENCE OF ABYOTIC FACTORS IN THE OCCURRENCE AND PROLIFERATION OF INSECT ORDERS IN AREA ASSOCIATED TO THE THERMELECTRIC PLANT IN MARANHÃOpt_BR
dc.typeOtherpt_BR
Appears in Collections:TCC de Graduação em Ciências Biológicas do Campus de Chapadinha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aecio Mota.pdf1,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.