Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1275
Title: Hanseníase em menores de 15 anos: casos notificados no ano de 2015 em São Luís-MA
Authors: Fonseca, Ana Paula Mendes Barros
Keywords: Hanseníase
Menores de 15 anos
Epidemiologia
Leprosy
Under 15 years
Epidemiology
Issue Date: 20-Jan-2017
Abstract: A hanseníase é uma doença crônico granulomatosa e transmissível que causa desordens neurológicas e incapacidades físicas. Ocorre através da infecção causada pelo bacilo Mycobacterium leprae cuja propagação acontece quando uma pessoa com a forma infectante (forma multibacilar) elimina o bacilo pelas vias respiratórias superiores. A doença acomete pessoas em qualquer idade e em ambos os sexos e, quando há casos em menores de quinze anos considera-se que a patologia se encontra em situação de endemicidade. Em crianças, a porcentagem de casos multibacilares é correspondente à situação endêmica do país e reflete a demora no processo do diagnóstico. Trata-se de um estudo descritivo desenvolvido no período de abril a dezembro de 2016 com o objetivo de descrever o perfil clínico e epidemiológico dos casos de hanseníase em menores de 15. Incluiu-se os casos de hanseníase diagnosticados e notificados no ano de 2015 em menores de 15 anos de idade no Município de São Luís – MA. Os dados foram coletados nos meses de junho a novembro de 2016. Utilizou-se como instrumento de coleta o banco de dados da pesquisa intitulada “Aspectos epidemiológicos, clínicos e imunológicos da hanseníase em menores de 15 anos no Município de São Luís-Maranhão” que serviu como base para este projeto. Foram analisadas as variáveis relativas à forma clínica, classificação operacional e variáveis sociodemográficas (sexo, raça/cor, faixa etária, escolaridade e número de contatos registrados), tipo de entrada, baciloscopia, grau de incapacidade e número de lesões no diagnóstico. Os dados coletados foram analisados no programa EPI-INFO, versão 7 (CDC - Atlanta) a partir de estatística descritiva, considerando-se as frequências absolutas e percentuais. No ano de 2015 foram notificados 103 casos de hanseníase em menores de 15 anos no município de São Luís – MA. Os resultados permitiram constatar maior frequência no sexo feminino (55,34%), cor parda (73,79%), faixa etária de 10 - 14 anos de idade (66,99 %) e em escolaridade da 5ª - 8ª série incompleta (39,81%). 58,52% eram da forma Multibacilar, sendo 48,54% na forma Dimorfa. 57% dos casos não realizaram o exame de baciloscopia. 84,47% apresentaram grau de incapacidade zero e 49,51% apresentaram uma lesão no momento do diagnóstico. Conclui-se que houve uma melhoria na educação e assistência prestada nas unidades de saúde ao paciente com hanseníase. Entretanto, a presença marcante de formas multibacilares e pacientes com incapacidades físicas no momento do diagnóstico demonstram a necessidade de aperfeiçoamento de medidas de controle da hanseníase em menores de 15 anos.
Description: Monografia apresentada ao Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Maranhão para obtenção dos títulos de Bacharelado e Licenciatura em Enfermagem.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1275
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Enfermagem do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaPaulaFonseca.pdfTCC - ANA PAULA MENDES BARROS FONSECA894,4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.