Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1403
Title: CAULE DECOMPOSTO DE BABAÇU COMO SUBSTRATO ALTERNATIVO NA PROPAGAÇÃO POR ESTAQUIA DE Bougainvillea spectabilis Willd SOB DOSES DE ÁCIDO INDOLBUTÍRICO
Other Titles: STALK BABAÇU DECOMPOSITION AS AN ALTERNATIVE SUBSTRATE IN THE SPREAD PROPAGATION OF Bougainvillea spectabilis Willd INDOLBUTYRIC ACID
Authors: CRUZ, Agnes Cardoso da
Keywords: Enraizamento;
Orbignya phalerata;
Auxina;
Rooting;
Orbignya phalerata;
Auxin.
Issue Date: 21-Jul-2017
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
Abstract: A três-marias (Bougainvillea spectabilis) é uma das espécies com maior aceitação no mercado pela sua vasta utilização como planta ornamental. Conduziu-se este trabalho com o objetivo de avaliar a utilização do caule decomposto de babaçu como substrato alternativo na propagação por estaquia de três-marias sob doses de ácido indolbutírico (AIB). O material botânico utilizado é procedente de árvores matrizes em bom estado nutricional e fitossanitário. As estacas foram preparadas a partir de ramos semi-lenhosos com 25 cm de comprimento, corte em bisel na base e acima da gema axilar, sendo a superfície foliar reduzida totalmente. As bases das estacas foram imersas em soluções alcoólicas (70%) de diferentes concentrações de AIB por 10 segundos. O plantio foi realizado em bandejas de poliestireno, contendo diferentes substratos. O experimento foi inteiramente casualizado em arranjo fatorial 3x2 com 4 repetições, totalizando 24 unidades experimentais. Os fatores experimentais investigados consistiram em três níveis de ácido indolbutírico (0, 1000 e 2000 mg.L-1) e dois tipos de substratos: comercial (Tropstrato HT®) e caule decomposto de babaçu. Aos 53 dias, foram avaliados as seguintes variáveis: porcentagem de estacas vivas, estacas enraizadas, número de folhas, número de brotos, diâmetro do maior broto, comprimento do maior broto, massa fresca da parte aérea, massa seca da parte aérea, comprimento da maior raiz, massa fresca da raiz e massa seca da raiz. As maiores porcentagens de enraizamento foram verificadas nas estacas sem o uso de AIB.
Description: Monografia apresentada à banca examinadora na Universidade Federal do Maranhão, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, como requisito para a obtenção do título de Bacharel em Agronomia.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1403
Appears in Collections:TCC de Graduação do Curso de Agronomia do Campus de Chapadinha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AgnesCruz.pdfTrabalho de Conclusão de Curso252,23 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.