Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1554
Title: A REPRESENTAÇÃO DO HORROR: uma crítica social em A queda da casa de Usher e o gato preto de Edgar Allan Poe
Authors: FERREIRA, Conceição de Maria Carvalho
Keywords: Edgar Allan Poe
Horror
Crítica Social
Literatura
História
Social Criticism
Literature
History
Issue Date: 27-Sep-2017
Abstract: A presente monografia intitulada “A Representação do Horror: uma crítica social em A Queda da Casa de Usher e O Gato Preto de Edgar Allan Poe” tem por objetivo demonstrar a presença de críticas sociais em dois contos de Horror do referido autor, por meio da análise da construção e da representação das críticas sociais nesses textos. Nos últimos anos o autor tornou-se alvo de várias discussões no meio acadêmico. Contudo, a preocupação social, apontada por alguns estudiosos como uma das características de seus textos, tem sido pouco explorada pela crítica. Desse modo, este estudo tem a finalidade de contribuir com esse escasso material. E classifica-se, segundo sua finalidade, como teórico-bibliográfico, utilizando como metodologia a análise-crítica, caracterizada como explicativa, tendo como corpus os contos “A Queda da Casa de Usher” (1839) e “O Gato Preto” (1843). Para embasar nossas discussões, utilizamos autores tais como Karnal et al. (2007) que apresenta a História dos Estados Unidos desde sua colonização ao século XXI; Rossi (2008) que expõe um panorama sobre o Gótico na Literatura Inglesa e Norte-Americana; Allen (1945) um dos biógrafos de Poe; Freitas (1986) que versa sobre as relações entre História e Literatura; e Silva (2007) que estuda a característica social do autor. Com base nos estudos teóricos e nas análises dos contos constatamos que as sombras do horror estão algumas críticas do autor a sociedade de sua época, principalmente, bem como algumas referências a acontecimentos importantes da História dos Estados Unidos. __________ ABSTRACT: The present monograph entitled "The Representation of Horror: A Social Criticism in The Fall of the House of Usher and The Black Cat of Edgar Allan Poe" aims to demonstrate the presence of social criticism in two tales of Horror of the author, through the analysis of the construction and representation of social criticism in these texts. In recent years the author has become the target of various discussions in academia. However, the social concern, pointed by some scholars as one of the characteristics of their texts, has been little explored by critics. Thus, this study aims to contribute to this scarce material. It is classified according to its purpose as a theoretical-bibliographical, using as a methodology the critical analysis, characterized as explanatory, having as corpus the short stories "The Fall of the House of Usher" (1839) and "The Black Cat" (1843) ). To support our discussions, we use authors such as Karnal et al. (2007) that presents the History of the United States from its colonization to the 21st century; Rossi (2008), which presents an overview of Gothic in English and North American Literature; Allen (1945) one of Poe's biographers; Freitas (1986) that deals with the relations between History and Literature; e Silva (2007) that studies the social characteristic of the author. Based on the theoretical studies and the analysis of the tales we find that the shadows of horror are some critics of the author the society of his time, mainly as well as some references to important events of the History of the United States.
Description: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Linguagens e Códigos da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, como requisito para a obtenção do título de licenciada em Linguagens e Códigos/Língua Portuguesa.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1554
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Linguagens e Códigos/Língua Portuguesa do Campus de São Bernardo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ConceicaoFerreira.pdfTCC364,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.