Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/2946
Title: Laboratórios de ciências e biologia nas escolas da rede pública da cidade de Codó, Maranhão: disponibilidade, uso e percepção de professores e alunos
Other Titles: Science and biology laboratories in the network schools of the city of Codó, Maranhão: availability, use and perception of teachers and students
Authors: VALE, Cristina Santos do
Keywords: Atividade prática
Experimentação
Laboratório de biologia
Ensino
Practical activity
Experimentation
Biology laboratory
Teaching
Issue Date: 8-Jan-2019
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: Esta pesquisa de caráter quanti-qualitativo avaliou o contexto das aulas práticas no ensino de ciências e Biologia em escolas da rede pública da cidade de Codó, Maranhão, através de questionários para conhecer a percepção de professores e alunos sobre o processo de ensino e aprendizagem relacionado aos espaços/momentos de aula prática. Foram visitadas 10 escolas da rede pública na zona urbana do município de Codó, e entrevistados 15 professores e 611 alunos. A maioria das escolas não têm laboratórios, e apenas três escolas tinham laboratórios de Biologia. A maioria dos professores entrevistados é de profissionais formados na área de atuação, todos já experientes, cuja maioria tem entre 6 e 20 anos de formação. Os professores percebem as aulas práticas como “Facilitador na apresentação/assimilação de conteúdos”, e 73% destes informaram realizar aulas práticas, dentre os quais 53,33% dizem realizar apenas raramente, e apenas 20% disseram que “Sempre” realizam. A carga horária de atividades práticas, no entanto, é considerada insuficiente por 71,4%. Entre os que não realizam aulas práticas, os motivos apontados são relacionados a carências materiais, de organização do planejamento escolar e de infraestrutura. A principal forma de avaliação da aprendizagem utilizada pelos professores é a elaboração de relatório escrito pelos alunos (42,9%). Os professores entrevistados em sua maioria responderam utilizar internet e o Livro didático como fonte de informação para planejar atividades, e 80% deles concordam que há relação entre a carência de atividades práticas e o interesse dos alunos pela disciplina. Entre os alunos que não tem aulas práticas, 94,1% gostariam de ter aulas práticas de biologia em laboratório, e 97,9% consideram que elas poderiam melhorar a compreensão e consequentemente, o aprendizado. Por outro lado, entre os alunos que tem aulas práticas, 53,05% informaram que suas participações nas aulas práticas foram como expectadores. Em relação ao interesse pelas aulas de biologia 88,7% afirmaram que se interessam.
Description: ABSTRACT This qualitative and quantitative research evaluated the context of practical classes in science and biology teaching in public schools in the city of Codó, Maranhão, through questionnaires to know the perception of teachers and students about the spaces / practical classes related to the teaching process and learning. Ten public schools were visited in the urban area of the municipality of Codó, and 15 teachers and 611 students were interviewed. Most schools do not have labs and only three schools had biology labs. Most of the interviewed teachers are professionals trained in the area of activity, all of them already experienced, most of whom have between 6 and 20 years of training. The teachers perceive the practical classes as "Facilitator in the presentation / assimilation of contents", and 73% of them reported doing practical classes, among which 53.33% say they rarely do it, and only 20% said "Always". The hours of practical activities, however, are considered insufficient in 71.4%. Among those who do not participate in the practical classes, the reasons presented are related to material needs, to the organization of school planning and to infrastructure. The main form of evaluation of the learning used by the teachers is the written report of the students (42.9%). Most of the teachers interviewed used the Internet and the textbook as a source of information to plan activities, and 80% of them agree that there is a link between the lack of practical activities and the student's interest in the subject. Among the students who do not have practical classes, 94.1% would like to have practical biology classes in the laboratory, and 97.9% consider that they could improve understanding and, consequently, learning. On the other hand, among the students who have practical classes, 53.05% reported that participation in the practical classes was by spectators. Concerning interest in biology classes, 88.7% said they were interested.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2946
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Ciências Naturais /Biologia do Campus de Codó

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CristinaSantosdoVale.pdfTrabalho de Conclusão de Curso2,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.