Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/2967
Title: Agricultura familiar periurbana em Codó – MA: cenários sociais e ambientais
Other Titles: Peri - urban family agriculture in Codó - MA: social and environmental scenarios
Authors: CONCEIÇÃO, Juliana Igreja da
Keywords: Agricultor familiar
Agricultura periurbana
Perfil socioeconômico
Conservação de solos
Family farmer
Peri-urban agriculture
Socioeconomic profile
Soil conservation
Issue Date: 16-Oct-2018
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: O setor da agricultura familiar abrange grande parte dos estabelecimentos agropecuários brasileiros, e é responsável por gerar renda e emprego para milhões de brasileiros. No entanto, mesmo sendo um setor de importância social e econômico, muitos agricultores nãose atentam para a preservação de um dos principais recursos necessários para essa atividade, o solo. As degradações desse recurso são causadas por inúmeras atividades e podem ser controladas, caso seja realizado um manejo adequado do solo, promovendo a manutenção da fertilidade do solo ao mesmo tempo em que controlam as degradações.Em Codó, no estado do Maranhão,apesar da predominância dos agricultores familiares estarem concentrada na área rural, há também os agricultores que cultivam nas áreas urbanas e periurbanas da cidade, tendo com isso a vantagem de estar mais perto do consumidor. Visto isso, este trabalho buscou-se analisar o perfil do agricultor familiar periurbano da cidade de Codó, MA, e o seu grau de conhecimento sobre solo e práticas deconservação. A pesquisa se deu com a aplicação de questionários com 23 perguntas, além de conversas gravadas, para 25 agricultores de uma área periurbana específica da cidade. A pesquisa demonstrou que esse ainda é um setor com predomínio de agricultores do sexo masculino, geralmente com idades acima dos 30 anos e com baixo nível de escolaridade.A maioriados agricultores possuíam terras cedidas e todos aqueles que tinham a agricultura como única fonte de renda destinava sua produçãopara a venda.O conhecimento desses agricultores sobre solo é baseado nas suas tradições e conhecimento popular, isso devido ao fato de boa parte dos entrevistados não terem frequentado nenhum curso de capacitação, muitos por falta de interesse ou oportunidade, não possuindo nenhuma qualificação técnica sobre o assunto.No geral, os produtoresutilizavam práticas como queimadas e uso de agrotóxicos de maneira excessiva, fatores que causam degradações nos solos. Com isso, foi possível entender que a falta de conhecimento e assistência técnica, além da falta de recursos, contribui para o uso inadequado do solo nessas áreas.
Description: ABSTRACT The family agriculture sector comprises a large part of the Brazilian agricultural establishments, and is responsible for generating income and employment for millions of Brazilians. However, even though it is a sector of social and economic importance, many farmers do not attempt to preserve one of the main resources needed for this activity, the soil. The degradations of this resource are caused by numerous activities and can be controlled if proper soil management is carried out, promoting the maintenance of soil fertility while controlling the degradation. In Codó, in the state of Maranhão, although the predominance of family farmers is concentrated in the rural area, there are also farmers who cultivate in the urban and peri-urban areas of the city, thus having the advantage of being closer to the consumer. Thus, the objective of this work was to analyze the profile of the periurban family farmer of the city of Codó, MA, and his degree of knowledge about soil and conservation practices. The research was carried out with the application of questionnaires with 23 questions, in addition to recorded conversations, for 25 farmers in a specific periurban area of the city. Research has shown that this is still a sector with a predominance of male farmers, generally over 30 years of age and with a low level of schooling. Most of the farmers owned land and all those who had agriculture as their only source of income were earmarked for sale. The knowledge of these farmers on land is based on their traditions and popular knowledge, due to the fact that a good part of the interviewees did not attend any training course, many for lack of interest or opportunity, having no technical qualification on the subject. In general, the producers used practices such as fires and the use of pesticides in an excessive way, factors that cause degradations in the soils. With this, it was possible to understand that the lack of knowledge and technical assistance, besides the lack of resources, contributes to the inadequate use of the soil in these areas.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2967
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Ciências Naturais /Biologia do Campus de Codó

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JULIANACONCEIÇÃO.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.