Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/2968
Title: Automedicação em Timbiras-MA: Um estudo observacional da prevalência e de fatores associados
Other Titles: Self-medication in Timbiras-MA: An observational study of prevalence and associated factors
Authors: SILVA, Pablo Rahonne Sousa
Keywords: Automedicação
Medicamentos
Prática
Self-medication
Medications
Practice
Issue Date: 16-Oct-2018
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: A automedicação é uma prática que vem crescendo muito na atualidade, e sendo ela uma atividade que envolve riscos de saúde para o indivíduo praticante. Esta prática é realizada com o objetivo de curar uma doença e aliviar sintomas autodiagnosticados. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a prevalência da automedicação da cidade de Timbiras e conhecer os principais motivos que levaram os mesmos a realização de tal prática. Este é um estudo transversal que foram utilizados dados do PNAUM (2017), onde a mesma foi realizada na cidade de Timbiras-MA, entre dezembro de 2017 a março de 2018. As entrevistas foram realizadas e com visitas em casas, abordagens em praças e uma visita em uma escola do ensino médio. Verificou-se que dos 100 entrevistados, 51% são do sexo masculino e 49% do sexo feminino. Observou-se que a prevalência da automedicação na cidade de Timbiras-MA é de 92% sendo a maior prevalência encontrada no sexo masculino (94,11%), pessoas com idade entre 50 e 60 anos (100%), pessoas que não frequentaram a escola, com ensino fundamental com e incompleto (100%). Foi observado ainda que dores de cabeça e dores musculares são os sintomas mais presentes (21%), a orientação própria apareceu como a principal (27%) e os analgésicos apareceram como o grupo farmacêutico mais consumido (28%). Os dados mostram alta prevalência no estoque e no consumo de medicamentos sem prescrição médica. O presente estudo sugere a necessidade do acompanhamento e da orientação dos usuários em relação ao consumo, armazenamento e ao compartilhamento de medicamentos.
Description: ABSTRACT Self-medication is a practice that is growing very much today and being an activity that involves health risks for the individual practitioner. This practice is performed with the goal of curing a disease and relieving self-diagnosed symptoms. The present study aims to evaluate the prevalence of self-medication of the city of Timbiras and to know the main reasons that led to the practice of this practice. This is a cross-sectional study using data from the PNAUM (2017), where it was carried out in the city of Timbiras-MA, between December 2017 and March 2018. The interviews were conducted with home visits, approaches in squares and a visit at a high school. It was verified that of the 100 interviewees, 51% are male and 49% are female. It was observed that the prevalence of self-medication in the city of Timbiras-MA is 92%, with the highest prevalence found in males (94.11%), people aged 50-60 years (100%), people who did not attend the school, with elementary school with and incomplete (100%). It was also observed that headaches and muscular pains were the most present symptoms (21%), self orientation appeared as the main one (27%) and analgesics appeared as the most consumed pharmaceutical group (28%). The data show a high prevalence in the stock and in the consumption of medicines without medical prescription. The present study suggests the need for the follow-up and guidance of users regarding consumption, storage and sharing of medications.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2968
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Ciências Naturais /Biologia do Campus de Codó

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PabloRahonne.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.