Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/2989
Title: Criação e destruição de postos de trabalho: uma análise sobre a região Nordeste de 2001-2016
Other Titles: Creation and destruction of jobs: an analysis of the Northeast region of 2001-2016
Authors: MACHADO, Beatriz Lima
Keywords: Criação e destruição
Nordeste
Postos de trabalho
Creation and destruction
Northeast
Jobs
Issue Date: 21-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: Diante da importância que o mercado de trabalho possui no ambiente econômico, este foi posto no presente estudo partindo de uma interpretação específica iniciada com Davis e Haltiwanger (1992), sendo ela a criação e destruição bruta e líquida de postos de trabalhos formais pelo lado da demanda (firmas), objeto de pesquisa deste trabalho. O espaço temporal estudado foi de 2001 a 2016, enquanto a análise espacial foi voltada para a região Nordeste. Então, diante dessas perspectivas, o trabalho preocupou-se em analisar a dinâmica do mercado de trabalho nordestino pelo lado da demanda pelos principais setores que se destacaram na região: Administração pública, serviços, comércio, indústria de transformação e pelos quatro principais tamanhos de empresas baseados na metodologia classificatória do SEBRAE: micro, pequenas, médias e grandes empresas, além da análise da criação líquida em relação ao ciclo econômico. Feito isso, cada uma dessas classificações teve sua visão geral (2001-2016) e por dois períodos específicos, sendo eles de auge (2001-2010) e declínio (2011-2016). Com isso, os resultados mostraram como a dinâmica do emprego formal se comporta entre os dois períodos de acordo com os setores, tamanho de estabelecimentos e ciclo econômico, além de mostrar como o mercado de trabalho foi afetado de maneira distinta entre as duas classificações temporais, apresentando expansão e retração, respectivamente.
Description: ABSTRACT Given the importance of the labor market in the economic environment, this study was based on a specific interpretation initiated by Davis and Haltiwanger (1992), which was the creation and destruction of gross and net of formal and informal jobs on the demand side (firms), object of research of this work. The period studied was from 2001 to 2016, while the spatial analysis was focused on the Northeast region. Therefore, in view of these perspectives, the work analyzes the northeastern labor market dynamics by the demand side of the main sectors that stood out in the region: Public administration, services, commerce, manufacturing industry and by the four main sizes of companies based on the SEBRAE classification methodology: micro, small, medium and big companies, besides the analysis of the net creation in relation to the economic cycle. Each of these classifications had its general view (2001-2016) and for two specific periods, being of the peak (2001-2010) and decline (2011-2016). Thereby, the results showed how the dynamics of formal employment behave between the two periods according to the sectors, size of establishments and economic cycle, and show how the labor market was affected in a different way between the two time classifications, showing expansion and retraction, respectively.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/2989
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Ciências Econômicas do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BEATRIZ-MACHADO.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.