Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/3036
Title: Habilidades sociais e liderança em uma multinacional localizada em São Luís-MA
Other Titles: Social skills and leadership in a multinational located in São Luís-MA
Authors: ROSSI, Jaqueline da Cruz
Keywords: Habilidades sociais
Relações interpessoais
Liderança
Psicologia organizacional e do trabalho
Social skills
Interpersonal relationships
Leadership
Work and organizational psychology
Issue Date: 16-Jan-2018
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: As habilidades sociais (HS) são um conjunto de comportamentos emitidos socialmente e necessários a uma relação interpessoal bem-sucedida. Antes delimitadas ao contexto social, atualmente passaram a ser consideradas no contexto profissional e nas organizações, sendo apontadas como fator preditor para o bom desempenho do líder e seus liderados e consequente sucesso das organizações. Dessa forma, esse estudo objetiva analisar o repertório de habilidades sociais de líderes de uma organização multinacional e correlacionar essa variável aos estilos de liderança que podem ser exercidos pelos mesmos. Para isso, foi realizada uma pesquisa do tipo descritiva e correlacional, na qual participaram 16 líderes que, de forma voluntária e anônima, após a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), responderam a três instrumentos: Protocolo de Caracterização individual (PCI), Inventário de Habilidades Sociais (IHS) e a Escala de Avaliação do Estilo Gerencial (EAEG). Os dados foram analisados no programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 20.0. Os resultados indicaram que os participantes apresentam um repertório bastante elaborado de habilidades sociais; já quanto aos estilos de liderança o tipo “situacional” se destacou, ainda que os participantes tenham apresentado escores elevados para os tipos “tarefa” e “relacionamento”; a correlação encontrada foi direta, moderada e significativa entre o Fator 1 “Relacionamento” da EAEG e o Fator 2 “Autoafirmação na expressão de sentimento positivo” do IHS (rho = 0,579; p<0,05) e entre o Fator 2 “Tarefa” da EAEG e o Fator 4 “Autoexposição a desconhecidos e situações novas” (rho = 0,548; p<0,05). A relação entre o repertório de HS e o estilo de liderança pode afetar o ambiente organizacional em termos de motivação, engajamento e produtividade dos funcionários, promovendo um ambiente organizacional com menos conflitos e mais coordenação e organização.
Description: ABSTRACT Social skills (HS) are a set of different kinds of behavior in the face of social demands necessary for a successful interpersonal relationship. Previously delimited for the social context, nowadays are considered in the professional context, being pointed as a predictor factor for the leader’s good performance and organizations success. Therefore, this study aimed to analyze the leaders social skills repertoire of a multinational organization and to correlate this variable with the leadership styles. A descriptive and correlational study was carried out with 16 leaders who, voluntarily and anonymously, after the signing Term of Free and Informed Consent, responded to three instruments: Individual Characterization Protocol (ICP), Inventory of Social Skills (IHS) and the Management Style Assessment Scale (EAEG). The data were analyzed in the statistical program Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) version 20.0. The results indicated that the participants presented a very elaborate social skills repertoire; still on the styles of leadership, the "situational" type was highlighted, although the participants presented high scores for the "task" and "relationship" types; the correlation was found to be direct, moderate, and significant between the EAEG factor “Relationship” and the IHS Factor 2 "Self-affirmation in the expression of positive feeling" (rho = 0.579; p <0.05) and between EAEG Factor "Task" and IHS Factor 4 "Self-Exposure to unknown and new situations "(rho = 0.548; p <0.05). The relationship between the HS and leadership style can affect the organizational environment in terms of motivation, engagement and productivity of employees, promoting an environment with less conflicts and more coordination and organization.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3036
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Psicologia do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JAQUELINE-ROSSI.pdfTrabalho de Conclusão de Curso983,69 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.