Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/3138
Title: Obesidade infanto-juvenil no Brasil: uma revisão integrativa
Other Titles: Childhood obesity in Brazil: an integrative review
Authors: MARREIROS, Ana Caroline
Keywords: Obesidade infantil
Sobrepeso
Obesidade no Brasil
Child obesity
Overweight
Obesity in Brazil
Issue Date: 13-Dec-2018
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: O acúmulo exagerado de tecido adiposo no organismo tem sido considerado um problema de saúde pública mundial e é uma condição denominada obesidade, a qual é classificada como Doenças Crônicas Não-Transmissível (DCNT), no Brasil foi observado um aumento significativo do excesso de peso em vinte ano, sendo que a obesidade na infância, representa maior risco de desenvolvimento de hipertensão arterial, diabetes mellitus, transtornos cardíacos, respiratórios e ortopédicos. Tendo em vista a grande importância de tal tema foi desenvolvida uma revisão de literatura que destaca aspectos como epidemiologia, etiologia e principais consequências da obesidade infanto-juvenil no Brasil. Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009 mostram valores antropométricos da população brasileira, evidenciando um aumento do sobrepeso e obesidade, em todas as idades e classes sociais, sendo que 33,5% da população de crianças e adolescentes sofrem de sobrepeso ou obesidade. A obesidade pode ser classificada quanto a origem em endógena ou exógena, a primeira é proveniente de alterações hormonais ou hipotálamo-hipofisária, já a segunda e mais prevalente tem origem em fatores externos como socioambientais, destacando que a obesidade infantil acarreta em condições clínicas que levam a morbidades de leve a moderada ou mesmo a condições potencialmente letais, em longo prazo. Pode-se afirmar que as consequências da obesidade têm implicações de caráter metabólico, físico, psicológico e comportamental.
Description: ABSTRACT Exaggerated accumulation of adipose tissue in the body has been considered a worldwide public health problem and is a condition called obesity, which is classified as Non- Communicable Chronic Diseases (CNCD), in Brazil a significant increase in excess weight was observed in obesity in childhood, represents an increased risk of developing hypertension, diabetes mellitus, cardiac, respiratory and orthopedic disorders. Considering the great importance of this theme, a literature review was developed that highlights aspects such as epidemiology, etiology and main consequences of childhood and juvenile obesity in Brazil. Data from the Family Budget Survey (POF) 2008-2009 show anthropometric values of the Brazilian population, evidencing an increase in overweight and obesity, in all ages and social classes, and 33.5% of the population of children and adolescents are overweight or obesity. Obesity can be classified as originating in endogenous or exogenous, the former is due to hormonal changes such as hypothalamic-pituitary, the second and more prevalent has origin in external factors such as socioenvironmental, noting that childhood obesity entails in clinical conditions which lead to mild to moderate morbidities or even potentially lethal conditions in the long run. It can be said that the consequences of obesity have metabolic, physical, psychological and behavioral implications.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3138
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Farmácia do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA-MARREIROS.pdfTrabalho de Conclusão de Curso572,16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.