Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/3656
Title: Escrita dupla e memória negra: Piauhy na escravidão em meio a “processos crimes” nos finais dos oitocentos
Other Titles: Double Writing and Black Memory: Piauhy in slavery amid “criminal processes” in the late eighties
Authors: SILVA, Ananda Vieira da
Keywords: Escravidão
Conflitos
Processos Crimes
Slavery
Conflicts
Crimes Process
Issue Date: 30-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: Esta pesquisa traz consigo análises sobre os escravos na historiografia piauiense por meio da memória negra nas construções acadêmicas através de uma apresentação simplificada dos estudos de algumas produções locais referentes à temática da escravidão, no intuito de destacar, em cada uma delas, a visão dos autores acerca do sistema escravista do Piauí, bem como a reprodução das discursões e ideias a respeito do tema, envolvendo as influências dessa produção na formação do pensamento historiográfico piauiense e na memória construída a respeito do negro cativo. Através dos anúncios de jornais e manuscritos apresentados neste estudo encontram-se descrições das características físicas dos escravos presente nas secções que notificam vendas e fugas daqueles indivíduos. Os senhores ansiosos por recuperar seus escravos, descreviam detalhadamente suas características no intuito de conseguir da forma mais breve possível reaver sua peça de trabalho acabando assim por trazer as características da resistência escrava no Piauhy do século XIX. Abordando também o papel do silêncio no regime escravocrata tendo-se o propósito de discutir sobre o não dito (silêncio/implícito) através do que já foi estabelecido no discurso sobre o processo da escravidão no Piauhy no final dos oitocentos, tomando como exemplo de texto para análise, fragmentos da poesia de Bernardo Guimarães, escritos de Machado de Assis, planta da Chácara no Rio de Janeiro3 a qual representa espaços privados de poder, imagens dos instrumentos de uso dos senhores e do Estado para firmar a ordem, associados com alguns documentos que ajudam a compor o arquivo da escravidão presentes no Arquivo Público do Estado do Piauí: registro de óbito de escravos, carta da escrava Esperança Garcia (presente na parte introdutória da pesquisa), ofício relatando a morte de senhora Joana Maria da Conceição pela escravizada Romana, assim como os próprios autos (processos crimes) presentes nos últimos capítulos deste estudo. O que dirige esta pesquisa para como o Estado, as leis e os costumes na escravidão se davam através das práticas do judiciário no final dos oitocentos analisando assim a escravidão através dos processos crimes e do caminho percorrido por eles. Na segunda metade do século XIX, houve um aumento considerado envolvendo ações judiciais de escravizados (vítimas e/ou réus), como exemplo o ato praticado pelo escravo Raymundo no município de Valença o qual assassinou duas crianças. Os esforços das autoridades governamentais para a estabilidade da sociedade através do controle e pela imposição da lei, no que se refere as relações, as regulamentações e os procedimentos que se voltavam ao enfrentamento dos espaços privados de poder e punição de escravizados.
Description: ABSTRACT This research brings analyzes of the slaves in Piauí historiography through the black memory in academic buildings through a simplified presentation of the studies of some local productions related to the theme of slavery in order to highlight, in each of them, the view of the authors about the slave of Piaui system as well as the reproduction of discursões and ideas on the subject, involving the influences of this production in the formation of Piauí historiographical thought and memory built about captive black. Through newspaper advertisements and manuscripts presented in this study are descriptions of the physical characteristics of the present slaves in the sections notify sales and leakage of those individuals. The lords eager to recover his slaves, describing in detail their characteristics in order to achieve the shortest possible way to recover your work piece ending so bring the slave resistance characteristics in Piauhy nineteenth century. Also addressing the role of silence in slave regime having been intended to discuss the unspoken (silent / implied) through what was already established in the discourse on slavery process in Piauhy at the end of the eight hundred, taking as example text for analysis, Bernardo poetry fragments Guimaraes, written by Machado de Assis, the Chacara plant in Rio de Janeiro which represents private spaces of power, images of the use of instruments of lords and the State to sign the order, associated with some documents that help make up the bondage of file present in the Piauí State Public File: death record of slaves, slave letter of Hope Garcia (present in the introductory part of the research), craft reporting the death of Mrs. Joana Maria da Conceição enslaved by Roman as well as the acts (crimes cases) present in the later chapters of this study. What drives this research to how the state, the laws and customs in bondage get along through the judicial practices in the late eight hundred thus analyzing slavery through the criminal cases and the path taken by them. In the second half of the nineteenth century, there was an increase considered involving lawsuits enslaved (victims and / or defendants), the example of action taken by the slave Raymundo in Valencia city which killed two children. Efforts by government authorities to the stability of society by controlling and by law enforcement, as regards relations, regulations and procedures turned to face the private spaces of power and punishment of slaves.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3656
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Ciências Humanas do Campus de Codó

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnandaVieiradaSilva.pdfTrabalho de Conclusão de Curso861,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.