Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/3757
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCANTANHEDE, Lucas Antonio de Oliveira-
dc.date.accessioned2019-09-06T18:00:03Z-
dc.date.available2019-09-06T18:00:03Z-
dc.date.issued2019-07-05-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/3757-
dc.descriptionIntroduction: The global HIV / AIDS epidemic is a major health problem in spite of the scientific, technological and social advances made in recent years.The current situation of the epidemic in Brazil is a result of the deep inequalities of Brazilian society, which has undergone significant transformations in its epidemiological profile over the years, with a growing trend of heterosexualization, feminization, internalization and pauperization.Objective: To analyze the spatio-temporal dynamics of the HIV-AIDS epidemic in the State of Maranhão. Methods: This is an ecological study with a spatiotemporal analysis of the 5637 cases of HIV / AIDS reported in the SINAN Information System between 2013 and 2017 in the State of Maranhão.The detection rate of confirmed HIV / AIDS cases was calculated by the number of new cases of HIV / AIDS per 100,000 inhabitants.The Bayesian Global and Local Empirical Method was applied to soften incidence rates by municipality. Results: In 2013, the detection rate of HIV / AIDS by the local Bayesian model demonstrated the areas of highest incidence in the municipalities of Santa Helena (45.61 to 57.00), São Luís (34.21 to 45.60) and Codó (22.81 to 34.20) and their geographic neighbors.In 2017, a cluster of neighboring cities was found to be relevant in other municipalities, such as Balsas, São Mateus do Maranhão and Cururupu (97.21 to 121.50).Conclusion: The use of the Bayesian model, based on information from neighboring spatial units, allowed the estimation of new patterns of presentation of epidemiological indicators, highlighting priority areas such as St. Helena, São Luís, Codó, Balsas, São Mateus do Maranhão, Cururupu and neighboring actions to monitor cases and control HIV transmission.pt_BR
dc.description.abstractIntrodução: A epidemia global de HIV/AIDS se caracteriza como um problema de saúde de extrema relevância apesar dos avanços científicos, tecnológicos e sociais obtidos nos últimos anos. A atual situação da epidemia no Brasil é resultado das profundas desigualdades da sociedade brasileira, que vem, ao longo do tempo, sofrendo transformações significativas em seu perfil epidemiológico com tendência crescente da heterossexualização, feminização, interiorização e pauperização.Objetivo: Analisar a dinâmica espaço-temporal da epidemia da HIV-AIDS no Estado do Maranhão. Métodos:Trata-se de um estudo do tipo ecológico com análise espaço-temporal dos 5637 casos de HIV/AIDS notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) entre 2013 e 2017 no Estado do Maranhão. A taxa de detecção dos casos de HIV/AIDS confirmados foi calculada pelo número de casos novos de HIV/AIDS por 100 mil habitantes. Aplicou-se o Método Bayesiano Empírico Global e Local para suavização das taxas de incidência por município.Resultados: Em 2013, a taxa de detecção de HIV/AIDS pelo modelo bayesiano local demonstrou as áreas de maior incidência nos municípios de Santa Helena (45.61 a 57.00), São Luís (34.21 a 45.60) e Codó (22.81 a 34.20) e seus respectivos vizinhos geográficos. Em 2017, verificou-se um aglomerado de cidades vizinhas relevante em outros municípios como Balsas, São Mateus do Maranhão e Cururupu (97.21 a 121.50). Conclusão: O emprego do modelo bayesiano, baseado em informações de unidades espaciais vizinhas, permitiu estimar novos padrões de apresentação dos indicadores epidemiológicos, destacando áreas prioritárias como de Santa Helena, São Luís, Codó, Balsas, São Mateus do Maranhão, Cururupu e vizinhos para ações de monitoramento dos casos e controle da transmissão do vírus HIV.pt_BR
dc.language.isootherpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Maranhãopt_BR
dc.subjectHIVpt_BR
dc.subjectSíndrome de Imunodeficiência Adquiridapt_BR
dc.subjectDistribuição Espacial da Populaçãopt_BR
dc.subjectHIVpt_BR
dc.subjectAcquired Immunodeficiency Syndromept_BR
dc.subjectSpatial Population Distributitionpt_BR
dc.titleAnálise espaço-temporal dos casos de HIV/AIDS no estado do Maranhão: um estudo ecológicopt_BR
dc.title.alternativeSpatio-temporal analysis of HIV / AIDS cases in Maranhão state: an ecological studypt_BR
dc.typeOtherpt_BR
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Enfermagem do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCAS-CANTANHEDE.pdfTrabalho de Conclusão de Curso2,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.