Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/3890
Title: Nachträglich – a temporalidade da Psicanálise: algumas considerações sobre o tempo do inconsciente em Freud
Other Titles: Nachträglich - the temporality of psychoanalysis: some considerations about the time of the unconscious in Freud
Authors: PINHEIRO, Déborah Fernanda Mendes
Keywords: Nachträglich
Inconsciente
Psicanálise
Sexualidade
Nachträglich
Unconscious
Psychoanalysis
Sexuality
Temporality
Issue Date: 12-Jul-2019
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: Este trabalho apresenta por meio de uma revisão bibliográfica dos textos freudianos o caminho percorrido por ele na elaboração da teoria e prática psicanalítica. Foram abordados as primeiras observações de Freud sobre o funcionamento do aparelho psíquico e o trabalho realizado por ele na clínica das histéricas avançando até seus registros sobre a sexualidade infantil e o complexo de Édipo com o intuito de demonstrar como a sua produção foi perpassada pela noção de Nachträglich, traduzido em português por “a posteriori”, ponto central que perpassa toda a produção freudiana. Mostrou-se como o funcionamento do aparelho psíquico e todo desenrolar da prática psicanalítica está baseado na proposta de atemporalidade do inconsciente. A partir de sua pesquisa percebeu-se que a vida da criatura humana não se constitui fora desse tempo específico, é na retroação do passado infantil que a história de cada um se constitui. No retorno constante das primeiras marcas infantis que o Nachträglich dá o ritmo da movimentação na repetição do inconsciente que não para de tentar se fazer representar.
Description: ABSTRACT This work presents through a bibliographical revision of the freudian texts the path he has taken in the elaboration of psychoanalytic theory and practice. We address the first observations of Freud on the functioning of the psychic apparatus and his work in the clinic of the hysterics advancing up to his records on infantile sexuality and the Oedipus complex in order to demonstrate how his production was permeated by the notion of Nachträglich, translated in portuguese as “a posteriori”, central point that freudian production. We show how the functioning of the psychic apparatus and the whole process of psychoanalytic practice is based on the proposal of atemporality of the unconscious. From his research it was perceived that the life of the human creature is not constituted outside this specific time, it is in the retroaction of the infantile past that the history of each one is constituted.In the constant return of the first infant marks that the Nachträglich gives the rhythm of the movement in the repetition of the unconscious that does not stop trying to make it self represent.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3890
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Psicologia do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElayneQuintanilha.pdfTrabalho de Conclusão de Curso447,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools