Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4003
Title: O CAMINHO SE FAZ CAMINHANDO: A Constituição de Uma Consciência Humana na Educação Popular da Comunidade Viva Deus.
Other Titles: THE PATH IS MADE WALKING: The Constitution of A Human Consciousness in Popular Education in the Comunidade Viva Deus.
Authors: FREITAS, Jullyana Cristhina Almeida de
Keywords: Comunidade; Conscientização; Constituição; Educação
Community; Awareness; Constitution; Education
Issue Date: 4-Jan-2019
Publisher: UFMA
Abstract: O presente trabalho de conclusão de curso busca apresentar/explorar/analisar os processos de conscientização e constituição humana desenvolvidos a partir da iniciativa popular do “Projeto Escola Comunidade Viva Deus”, que se destina a pessoas acampadas às margens da Rodovia Pe. Josimo, vulgo Estrada do Arroz, na zona rural da cidade de Imperatriz-MA, organizadas sob a forma de associação de produtores rurais e que esperam pela emissão de posse da terra, ou seja, esperam ser assentados. Inicialmente, como problemática, questiono-me sobre o que definem as práticas pedagógicas ou processos de conscientização e constituição humana desenvolvidas na Comunidade, tendo em vista que elas ocorrem a partir de uma metodologia da Educação Popular e da Educação de Jovens e Adultos, por meio da práxis defendida por Freire. Para alcançar esses objetivos, busco embasamento teórico em Paulo Freire (1967, 1981, 1986, 1987, 1989), Brandão (1986), Barroso (2015), Hilário (2010), dentre outros autores, abordando três categorias conceituais essenciais: Educação Popular, conscientização, e Educação de Jovens e Adultos. Nessa perspectiva, pretendo apresentar as experiências obtidas através do círculo de cultura proposto pela metodologia freireana, com os diários de campo, bem como apontar de que forma essa metodologia de ensino consegue alcançar níveis de conscientização crítica, tendo em vista uma dialogia práxica acerca de que perspectiva de Conscientização e Constituição Humana defendo. Por último, busco apresentar as estratégias de luta e resistência, que ocorrem por meio de oficinas, cursos de formação, o exercício da plantação e as situações-problemas-desafios, que é uma técnica de socialização das experiências e de busca de alternativas para a superação de problemas do cotidiano da Comunidade, tanto na categoria de iniciativa popular, quanto na categoria do ensino de jovens, adultos e idosos. Nesse sentido, tenho como premissa de que a alfabetização e Educação não podem ser pensadas como algo que objetiva apenas o processo formativo escolar e ignora a formação de sujeitos críticos, mas sim deve ser pensada em sua totalidade.
Description: The present course conclusion paper aims to present / explore / analyze the processes of awareness and human constitution developed from the popular initiative of the “Viva Deus Community School Project”, designed for people camped on the shores Josimo Highway, aka Estrada do Arroz, in the rural area of ​​the city of Imperatriz-MA, organized as farmers' associations and awaiting possessing the land, that is, they expect to be settled. Initially, as problematic, I wonder what defines the pedagogical practices or processes of awareness and human constitution developed within the Community with a view to they occur from a methodology of Popular Education and Youth and Adults, through the practice advocated by Freire. To achieve these goals, I seek theoretical basis in Paulo Freire (1967, 1981, 1986, 1987, 1989), Brandão (1986), Barroso (2015), Hilario (2010), among other authors, addressing three conceptual categories Essentials: Popular Education, Awareness, and Youth and Adult Education. In this perspective, I want to present the experiences gained through the circle of culture Freire's methodology, with the field diaries, as well as pointing out that how this teaching methodology can reach levels of critical awareness, in view of a praxic dialogue about which perspective of Awareness and Human Constitution I defend. Finally, I seek to present the strategies of struggle and resistance, which occur through workshops, training courses, the exercise of planting and problem-situations-challenges, which is a technique for socializing experiences and search for alternatives to overcome everyday community problems, popular initiative category, as well as in the category of teaching young people, adults and the elderly. In this sense, I have the premise that literacy and education cannot be thought as something that only aims at the school training process and ignores the formation of critical subjects, but should be thought of in its entirety.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4003
Appears in Collections:TCC de Graduação em Ciências Humanas/Sociologia do Campus de Imperatriz

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jullyana C.A. de Freitas.pdf1,44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.