Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4133
Title: Desenvolvimento, parasitoses e rendimento escolar em crianças de 3 a 9 anos: possibilidades de cuidado integral
Other Titles: Development, parasitosis and school performance in children aged 3 to 9 years: possibilities for comprehensive care
Authors: PEREIRA, RayssaTantara Conceição
Keywords: Enfermagem
Atenção básica
Criança
Issue Date: 8-Mar-2017
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: As parasitoses são um conjunto de doenças que acometem milhões de pessoas em âmbito mundial. Trata-se de doenças causada principalmente por alimentos, água e condições sanitárias insuficientes. O presente estudo trata-se de uma pesquisa de campo, do tipo descritivo, transversal com abordagem quantitativa que objetivou avaliar a importância das ações educativas direcionadas à prevenção de parasitoses em escola e creches. Os sujeitos envolvidos foram pais de crianças e crianças de 03 a 09 anos de idade do bairro Parque Anhanguera do município de Imperatriz-MA. A coleta de dados ocorreu em três etapas simultaneamente ao processo de educação em saúde. Objetivando a identificação pessoal dos sujeitos envolvidos e as variáveis relacionadas ao conhecimento das parasitoses. Os resultados encontrados demonstraram a faixa etária dos pais entre 31 a 40 anos representando 55%, maioria do gênero de 85% para o feminino, 74% casados, 72% informaram receber até um salário mínimo. Doença relacionada à alimentação, nas crianças foi a desnutrição 39%, seguida da obesidade 33% e anemia 22%. Segundo relato dos pais ou responsáveis em relação a eliminação de vermes nas evacuações, 22% disseram sim. Tratando-se da realização de exames parasitológico de fezes 79% diz realizar. Sobre o diagnóstico de parasitoses, 57% informaram já tiveram confirmação de parasitose e 43% não. 71% refere à administração de medicamentos antiparasitário nos últimos 6 meses. Quanto ao rendimento escolar foi verificado que as crianças têm um déficit nutricional e no aprendizado prejudicando assim o desenvolvimento da criança. Verificou-se que os pais realizam exames parasitológicos e administração medicação antiparasitária até 6 meses, tratando-se do tipo de tratamento da água consumida e distribuição foram citados a rede encanada no domicílio e filtração teve maior predomínio nas alternativas, segundo os participantes. Conclui-se que a pesquisa alcançou os objetivos propostos, dos quais foram identificadas ações educativas e preventivas, demonstrando que são importantes para contribuir para a prevenção das parasitoses, sugere-se que esta pesquisa seja objeto de fonte de conhecimento sobre a temática, servindo ainda de alerta aos pais, professores, acadêmicos e demais interessados.
Description: ABSTRACT Parasitic diseases are a group of diseases that affect millions of people worldwide. These are diseases caused mainly by food, water and poor sanitary conditions. This study is a descriptive cross-sectional field study with a quantitative approach that aimed to evaluate the importance of educational actions aimed at preventing parasitic diseases in schools and day care centers. The subjects involved were parents of children and children from 03 to 09 years old from Parque Anhanguera neighborhood of Imperatriz-MA. Data collection occurred in three stages simultaneously to the health education process. Aiming the personal identification of the subjects involved and the variables related to the knowledge of parasites. The results showed the age group of parents between 31 and 40 years representing 55%, the majority of the gender 85% for females, 74% married, 72% reported receiving up to one minimum wage. Diet-related disease in children was malnutrition 39%, followed by obesity 33% and anemia 22%. According to reports from parents or guardians regarding the elimination of worms from bowel movements, 22% said yes. For stool parasitological tests 79% say they do. Regarding the diagnosis of parasitosis, 57% reported already had confirmation of parasitosis and 43% did not. 71% refer to the administration of antiparasitic drugs in the last 6 months. Regarding school performance it was found that children have a nutritional deficit and learning impairing the child's development. It was found that parents perform parasitological examinations and administration antiparasitic medication up to 6 months, regarding the type of treatment of water consumed and distribution were cited the piped network at home and filtration had a greater predominance in alternatives, according to participants. It is concluded that the research achieved the proposed objectives, of which educational and preventive actions were identified, demonstrating that they are important to contribute to the prevention of parasites. It is suggested that this research be the source of knowledge on the subject, serving also warning to parents, teachers, academics and other interested parties.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4133
Appears in Collections:TCC de Graduação em Enfermagem do Campus de Imperatriz

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RAYSSA-PEREIRA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso314,8 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.