Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4141
Title: Burnout em docentes de uma universidade pública: prevalência e fatores relacionados
Other Titles: Burnout on teachers of a public university: incidence and related factors
Authors: SILVA, Willian Rodrigues Viana
Keywords: Burnout
Docência
Enfermagem
Estresse Ocupacional
Burnout
Teaching
Nursing
Occupational Stress
Issue Date: 10-Mar-2017
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: A síndrome de Burnout, também conhecida como síndrome do esgotamento profissional, é tida como uma grave doença psicológica desenvolvida quando há um nível de estresse demasiadamente alto e de forma crônica. Este estudo tem por objetivo investigar a incidência da Síndrome de Burnout em docentes em uma Universidade Pública. Trata-se de um estudo transversal, analítico com abordagem quantitativa. Para coleta dos dados foi utilizado dois questionários onde um discorre sobre o perfil socioeconômico dos participantes e outro instrumento é o Maslach Burnout Inventory – General Survey (MBI-GS), para a identificação da Síndrome de Burnout, contando com uma amostra de 97 professores de uma Universidade Federal do nordeste brasileiro. O estudo apresentou resultados que demonstraram um percentual de 52% dos professores acometidos pela síndrome, caracterizando um valor expressivo de prevalência da patologia sobre os docentes, além disso, os professores acometidos pela síndrome 67% são de ciências biológicas, engenharias (67%), ciências sociais aplicadas (60%), e da área da saúde (49%), este com maior participação na pesquisa (46%). Conclui-se assim que, há um número expressivo de prevalência da Síndrome de Burnout sobre os docentes da universidade, tornando evidente a necessidade de políticas voltadas aos docentes para a redução e prevenção da síndrome de Burnout, possibilitando uma melhor qualidade de vida aos docentes e um ensino-aprendizagem mais qualificado.
Description: ABSTRACT Burnout syndrome, also known as the syndrome of professional burnout is considered a serious psychological illness developed when there is a level of stress too high and chronic. This study aims to investigate the incidence of Burnout Syndrome in teachers at a Public University. This is a cross-sectional, analectic study with a quantitative approach. To collect the data, two questionnaires were used, one of which addresses the socioeconomic profile of the participants and another instrument is the Maslach Burnout Inventory - General Survey (MBI-GS) for the identification of Burnout Syndrome, with a sample of 97 university professors. The study presented results that showed a percentage of 52% of the teachers affected by the syndrome, characterizing a significant value of the incidence of pathology on the teachers; in addition, the majority of teachers affected by the syndrome (49%), Applied sciences (60%), biological sciences (67%), engineering (67%), and Applied Social Sciences (60%), which can be explained by their greater participation in research (46%). are from the health area, which it can be explained by their greater participation in the survey (46%). It is concluding that there is a significant number of Burnout Syndrome prevalence teachers, making evident the need for policies aimed at teachers to reduce and prevent Burnout syndrome, en
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4141
Appears in Collections:TCC de Graduação em Enfermagem do Campus de Imperatriz

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WILLIAN-SILVA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso280,32 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.