Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4145
Title: Conhecimento da gestante portadora da Síndrome Hipertensiva Específica da Gestação (SHEG), acerca da doença
Other Titles: Knowledge of the manager bearing specific hypertensive syndrome (sheg), about the disease
Authors: ALMEIDA, Jeane da Silva
Keywords: Gestação de alto risco
Hipertensão
Enfermagem
Issue Date: 1-Sep-2017
Publisher: Universiade Federal do Maranhão
Abstract: A Síndrome Hipertensiva Específica da Gestação (SHEG) é a complicação de maior incidência, que contribui para os índices de morbimortalidade materna e perinatal continuarem elevados. O desconhecimento e/ou conhecimento deficiente da gestante sobre a SHEG, contribui para um déficit do autocuidado, evidenciando uma evolução desfavorável da gravidez. Objetivou-se verificar o conhecimento da gestante com SHEG, acerca da doença, como também verificar a assistência do profissional de enfermagem em relação às orientações e informações dispensadas às gestantes. Trata-se de um estudo de campo, descritivo, exploratório, de abordagem qualitativa. A amostra foi composta por 23 gestantes internadas em uma maternidade de referência do Sudoeste do Maranhão, que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão. Os aspectos éticos da Resolução 466/2012 do CNS foram respeitados. Para coleta de dados foram utilizados um questionário e uma entrevista semiestruturados, contemplando aspectos sociodemográficos, dados obstétricos e questões norteadoras sobre o tema. Para análise dos dados, o estudo teve como base a Análise de Conteúdo proposta por Bardin. De acordo com os resultados encontrados, percebeu-se que o de conhecimento da gestante sobre a doença ainda é deficiente, contribuindo para complicações potenciais, aumentando os índices de mortalidade materna e fetal. Ficou evidenciado através das falas das mulheres a deficiência na assistência da equipe de enfermagem em relação às orientações e informações sobre a patologia, fazendo-se necessário repensar e fortalecer a assistência de enfermagem através da educação em saúde, tanto na atenção primária como no ambiente intrahospitalar.
Description: ABSTRACT A Specific Hypertensive Syndrome of the Gestation (SHEG) is a complication of higher incidence, which contributes to the indices of maternal and perinatal morbimortality to continue. The lack of knowledge and / or poor knowledge of the pregnant woman about an SHEG contributes to a deficit of self-care, evidencing an unfavorable evolution of the pregnancy. Find out about the knowledge about SHEG, about the disease, as well as a nursing study regarding guidelines and information given to pregnant women. It is a field study, descriptive, exploratory, qualitative approach. The sample consisted of 23 pregnant women admitted to a reference maternity hospital in the Southwest of Maranhão, who responded to the inclusion and exclusion criteria. The ethical aspects of CNS Resolution 466/2012 were respected. For data collection, we used a semi-structured questionnaire and interview, covering sociodemographic aspects, obstetric data and guiding questions on the subject. For data analysis, the study was based on the Content Analysis proposed by Bardin. According to the results, it was noticed that the pregnant woman has knowledge about a disease is still deficient, contributing to potential complications, increasing maternal and fetal mortality rates. It was evidenced through the statements of the women and deficiency in the assistance of the nursing team in relation to the guidelines and information on a pathology, making it necessary to rethink and strengthen nursing care through health education, both in primary care as in the nonhospital environment.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4145
Appears in Collections:TCC de Graduação em Enfermagem do Campus de Imperatriz

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JEANE-ALMEIDA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso128,91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.