Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4295
Title: Habilidades sociais e depressão: um estudo com escolares
Other Titles: Social skills and depression: a study with schoolchildren
Authors: LIMA, Josane Silva
Keywords: Habilidades sociais
Depressão
Infância
Social skills
Depression
Childhood
Issue Date: 12-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: As Habilidades Sociais (HS) referem-se a uma classe geral de comportamentos sociais e suas subclasses valorizados em determinada cultura, com grande probabilidade de resultados favoráveis para o indivíduo, seu grupo e sua comunidade. Na infância, é frequente a instalação de diversos repertórios comportamentais, sejam os considerados socialmente adequados ou não. Segundo a ótica analítico-comportamental, isto ocorre por meios de aprendizagem como regras e exposição a contingências, e de forma semelhante aos déficits de HS, os padrões depressivos podem ser aprendidos na fase inicial da vida. Por padrões depressivos, depreende-se comportamentos de menor engajamento em atividades que costumavam gerar interesse, mudanças no apetite e no sono, relatos de maior dificuldade de concentração e outros, com prejuízos significativos no funcionamento em áreas importantes para o indivíduo. Considerando-se as HS como indicadores de saúde psicológica, o presente estudo buscou analisar a relação entre os fenômenos comportamentais habilidades sociais e depressão numa amostra da população não clínica. Participaram do estudo 46 crianças matriculadas em escola do ensino público da cidade de Paço do Lumiar (Maranhão) com idades entre 7 e 13 anos, que responderam o Inventário de Depressão Infantil (CDI) e a escala de Habilidades Sociais para crianças do Inventário de Habilidades Sociais, Competência Acadêmica e Problemas de Comportamento (SSRS). Os dados foram digitados no programa SPSS (Statistical Package for Social Science versão 25) e analisados por meio de estatística descritiva e inferencial para verificar a hipótese de que quanto mais elaborado o repertório de HS, menores os indicativos de padrões depressivos. Os resultados não apontaram correlação entre HS e depressão para esta amostra. Contudo, quando feitas as análises entre os fatores, os dados mostraram correlações significativas e inversas. A classe de HS do fator Responsabilidade se correlacionou negativamente com o fator Relação com o outro do CDI de modo significativo (ρ= -0,32). A análise de comparação entre grupos, por gênero, apontou diferença significativa entre estes para o fator Desempenho do CDI (p= 0,02), indicando diferenças na autoavaliação entre os gêneros quanto a comportamentos relacionados à performance em tarefas diversas. Concluiu-se que, embora não tenham sido encontrados dados significativos da relação entre HS e Depressão, déficits em HS específicas – responsabilidade – estão associados negativamente com estados de sofrimento psicológico, ou seja, quanto maior o escore da HS Responsabilidade, menores são os indicadores de Relação com o outro. Sugere-se uma avaliação multimodal desses construtos e aponta-se novas possibilidades de investigações.
Description: ABSTRACT Social Skills (SS) refer to a general class of social behaviors and their subclasses valued in a culture, with a high probability of favorable consequences for the individual, his group and his community. Acquisition of several behavioral repertoires use to occur during childhood, whether considered socially appropriate or not. From a behavioral analysis perspective, this occurs by means of learning processes such as rules and exposition to contingencies, and similarly to SS deficits, depressive patterns can be learned early in life. Depressive patterns describe behaviors like less engaging in activities that used to cause interest, changes in appetite and sleep, reports of greater difficulty in concentration and others, with significant impairments in functioning in important áreas to the individual. Considering SS as indicators of psychological health, the present study aimed to analyze the relation between the behavioral phenomena social skills and depression, in a sample of the non-clinical population. The study included 46 children enrolled in a public school in the city of Paço do Lumiar (Maranhão) aged 7 to 13 years, who answered the Child Depression Inventory (CDI) and the Social Skills scale for children of the Social Rating Skills Scale (SSRS). Data were entered using the SPSS program (Statistical Package for Social Science, version 25) and analyzed using descriptive and inferential statistics to verify the hypothesis that the more elaborate the SS repertoire, the lower the indicative of depressive patterns. The results showed no correlation between SS and depression for this sample. However, when the analyzes between the factors were performed, the data showed significant and inverse correlations. The SS class of the factor Responsibility correlated negatively with the Relation to Other factor of the CDI significantly (ρ = -0.32). Comparison analysis between groups by gender showed a significant difference between them for the CDI Fulfillment factor (p = 0.02), indicating differences in gender self-assessment regarding behaviors related to performance in various tasks. It was concluded that although no significant data on the relationship between SS and Depression were found, specific SS deficits - Responsibility - are negatively associated with states of psychological distress, it means, the higher the SS Responsibility score, the lower the indicators in Relationship with each other. A multimodal assesment of these constructs is suggested and new research possibilities are pointed out.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4295
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Psicologia do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSANELIMA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso762,67 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.