Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4323
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFERREIRA, Rebecca Keslem Sousa-
dc.date.accessioned2020-02-28T14:54:20Z-
dc.date.available2020-02-28T14:54:20Z-
dc.date.issued2019-12-16-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/4323-
dc.descriptionABSTRACT This study presents an approach on Sexual Educommunication through audiovisual, having as its object the British series Sex Education. It understands that the educommunicational process needs to be dialogic, democratic and innovative for the development of the subjects in an autonomous and liberating way, introducing, at the same time, the technology and the media as an instruments of expansion of the expression and criticality of the students. It aims to understand Educommunication and its intervention process through guidelines such as Educommunication Sistemology, Media Production, Communication Education, Communication Pedagogy, Technological Mediation in Education, Expression through the Arts and Communication Management; understand what sexuality is, how the theme became social taboo, how it can be approached in educational institutions and the importance of its approach in adolescence. It also aims to understand the participation of audiovisual in school education and to analyze, qualitatively, the British series Sex Education, relating it to the educational aspects, while how it can be used in addressing issues of sex education. It concludes that, although its initial objective is entertainment, the Sex Education series has educommunicative elements that facilitate its use as a pedagogical tool in approaching sexuality for young people and adolescentespt_BR
dc.description.abstractEste estudo apresenta uma abordagem sobre a Educomunicação sexual por meio do audiovisual, tendo como objeto a série britânica Sex Education. Entende-se que o processo educomunicacional precisa ser dialógico, democrático e inovador para que ocorra o desenvolvimento dos sujeitos de forma autônoma e libertadora; introduzindo, ao mesmo tempo, a tecnologia e as mídias como instrumentos de ampliação da expressão e criticidade dos educandos. Objetiva-se compreender a Educomunicação e o seu processo de intervenção por meio de diretrizes como a Epistemologia da Educomunicação, Produção Midiática, Educação para a Comunicação, Pedagogia da Comunicação, Mediação Tecnológica na Educação, Expressão por meio das artes e Gestão da Comunicação; entender o que é sexualidade, como o tema virou tabu social, como pode ser abordado nas instituições de ensino e a importância da sua abordagem na adolescência. Objetiva-se também compreender a participação do audiovisual no ensino escolar e analisar, de forma qualitativa, a série britânica Sex Education, relacionando-a com as vertentes educomunicativas; ao passo de como pode ser utilizada na abordagem de assuntos da educação sexual. Conclui-se que, embora tenha como objetivo inicial o entretenimento, a série Sex Education possui elementos educomunicativos que facilitam o seu uso como ferramenta pedagógica na abordagem da sexualidade para jovens e adolescentes.pt_BR
dc.language.isootherpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Maranhãopt_BR
dc.subjectEducomunicaçãopt_BR
dc.subjectSexualidadept_BR
dc.subjectAudiovisualpt_BR
dc.subjectSex educationpt_BR
dc.subjectEducommunicationpt_BR
dc.subjectSexualitypt_BR
dc.subjectAudio-visualpt_BR
dc.subjectSex educationpt_BR
dc.titleA educomunicação em ficção seriada: um estudo de caso de Sex Educationpt_BR
dc.title.alternativeEducommunication in serial fiction: a case study of Sexual Educationpt_BR
dc.typeOtherpt_BR
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Comunicação Social do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REBECCAFERREIRA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.