Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4384
Title: Manutenção do condicionamento físico: dificuldades e facilidades encontradas pelos Guarda-Vidas do CBMMA.
Other Titles: Maintenance of physical conditioning: difficulties and facilities encountered by the CBMMA Life Guard.
Authors: COSTA FILHO, José Raimundo
Keywords: Guarda–Vidas
Condicionamento físico
Dificuldades
Facilidades
Life Guard
Physical conditioning
Difficulties
Facilities
Issue Date: 17-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: O presente trabalho intitulado: Manutenção do condicionamento físico: dificuldades e facilidades encontradas pelos Guarda – Vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão é uma pesquisa de campo qualitativa descritiva, e tem como objetivo geral analisar as dificuldades e facilidades encontradas pelos Guarda-Vidas para a manutenção do condicionamento físico exigido pela profissão. A amostra foi composta por 35 Guarda – Vidas com idades compreendidas entre 20 e 51 anos ou mais, de ambos os sexos. A pesquisa foi realizada no período de 20 de setembro a 10 de outubro de 2019. O instrumento de pesquisa utilizado foi um questionário aplicado a esta amostra contendo 9 questões, sendo 6 do tipo fechada e 3 do tipo aberta. Como resultado, foi constatado que a maior parte dos Guarda-Vidas está com idade acima do recomendado acerca das aptidões físicas que deveriam ter, para exercer de forma mais eficiente suas funções. O quantitativo empregado neste serviço é inferior ao que é estabelecido pelas leis e pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, além da ausência de treinamentos regulares para manutenção do condicionamento físico destes profissionais que deveriam ser oferecidos pela corporação.
Description: ABSTRACT The present work entitled: Maintaining fitness: difficulties and facilities encountered by the Maranhão Military Fire Department Lifeguards is a descriptive quantitative and qualitative field research. Its general objective is to analyze the difficulties and facilities encountered by the Life Guard fitness required by the profession. The sample consisted of 35 Lifeguards aged between 20 and 51 years or older, of both sexes. The survey was conducted from September 20 to October 10, 2019. The research instrument used was a questionnaire applied to this sample containing 9 questions, 6 closed and 3 open. As a result, it was found that most Life Guards are older than recommended about the physical skills they should have to perform their duties more efficiently. The amount employed in this service is lower than that established by the laws and the Brazilian Aquatic Rescue Society, besides the absence of regular training to maintain the physical fitness of these professionals that should be offered by the corporation.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4384
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Educação Física do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JoséRaimundoCostaFilho.pdfTrabalho de Conclusão de Curso742,86 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools