Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4490
Title: Estudo da interação e efeito modulador de uma lectina presente nas sementes de Machaerium Acutifolium Vogel e o antibiótico gentamicina em bactérias multirresistentes
Other Titles: Study of the interaction and modulating effect of a lectin present in the seeds of Machaerium Acutifolium Vogel and the antibiotic gentamicin in multidrug-resistant bacteria
Authors: SANTOS, Maria Helena Cruz dos
Keywords: Aminoglicosídeo
MaL
Purificação
Sinergismo
Tolerância
Aminoglycosides
MaL
Purification
Synergism
Tolerance
Issue Date: 9-Dec-2019
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: A Organização Mundial da Saúde nomeou a resistência bacteriana aos antibióticos como uma das mais importantes ameaças à saúde pública do século XXI, fazendo-se necessário o desenvolvimento de novas estratégias, a fim de mitigar esta problemática. Visando isso, estudos revelam uma classe de proteínas que reconhecem e interagem com carboidratos específicos chamadas lectinas, em associação com antibióticos têm se mostrado uma alternativa no tratamento de infecções causadas por patógenos multirresistentes, visto que essa combinação é capaz de aumentar o efeito antibacteriano de aminoglicosídeos. Este estudo teve como objetivo analisar a interação e a capacidade da lectina das sementes de Machaerium acutifolium (MaL) em modular a atividade antibiótica da gentamicina em bactérias multiressistentes. A lectina foi purificada a partir da precipitação por sulfato de amônio na fração 0-60 % seguido de dois passos cromatográficos, em coluna de manose-agarose e posterior cromatografia de troca iônica. A lectina purificada foi utilizada nos ensaios de inibição da atividade hemaglutinante e ensaios biológicos. O estudo de inibição da atividade hemaglutinante, revelou que a gentamicina foi capaz de inibir a atividade da MaL em uma concentração inibitória mínima (CIM) de 12,5 mM. A CIM para a atividade antibacteriana obtida para a MaL contra todas as cepas estudadas não foi clinicamente relevante (CIM ≥ 1,024 μg mL-1). No entanto, quando a MaL foi combinada com a gentamicina, foi observado um aumento significativo na ação antibiótica contra Staphylococcus aureus e Escherichia coli. A MaL também reduziu o perfil de tolerância a antibióticos em S. aureus durante 10 dias de tratamento contínuo. Em conclusão observou que a lectina das sementes de M. acutifolium em sinergismo com o antibiótico gentamicina apresentou ação potencializadora contra bactérias de S. aureus e E. coli, além de reduzir significamente o perfil de tolerância de S. aureus frente à gentamicina. ______ ABSTRACT: The World Health Organization has named the resistance bacterial to antibiotics as one of the most important threats to public health of the century XXI, making it necessary to develop new strategies, in order to mitigate this problem. In order, that studies show that a class of proteins that recognizes and interact with specific carbohydrates called lectins, in association with antibiotics have shown of an alternative in treatment of infections caused by pathogens multiresistant, as this combination is capable of enhancing the antibacterial effect of aminoglycosides. This study aimed to analyze the interaction and lectin capacity of Machaerium acutifolium (MaL) seeds to modulate gentamicin antibiotic activity in multiresistant bacteria. The lectin was purified from ammonium sulfate precipitation at 0-60% fraction followed by two chromatographic steps in column mannose-agarose and subsequent ion exchange chromatography. The lectin purified was used in hemaglutinating activity inhibition assays and biological assays. The study of the inhibition of the activity hemagglutinating, showed that gentamicin was able to inhibit the activity of MAL in one minimum inhibitory concentration (MIC) of 12,5 mM. The MIC for the antibacterial activity obtained for MaL against all strains studied was not clinically relevant (MIC ≥ 1,024 μg mL-1). However, when the MaL was combined with the gentamicin was a significant increase in antibiotic activity against Staphylococcus aureus and Escherichia coli. The MaL also reduced profile of tolerance to antibiotics in S. aureus for 10 days of continuous treatment. In conclusion, it was observed that the lectin of M. acutifolium seeds in synergism with the gentamicin antibiotic showed potentiating action against S. aureus and E. coli bacteria, besides significantly reducing the tolerance profile of S. aureus against gentamicin.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4490
Appears in Collections:TCC de Graduação em Ciências Biológicas do Campus de Chapadinha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIAHELENACRUZDOSSANTOS.pdfTrabalho de Conclusão de Curso654,39 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.