Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/5257
Title: A BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ANIL: HISTÓRICO DE EVOLUÇÃO DA OCUPAÇÃO URBANA E SEUS IMPACTOS
Other Titles: THE ANIL RIVER WATERSHED: HISTORY OF THE EVOLUTION OF URBAN OCCUPATION AND ITS IMPACTS
Authors: ALMEIDA, Antonio Jeferson Muniz
Keywords: Suscetibilidade ambiental;
uso e ocupação do solo;
classificação supervisionada;
evolução urbana;
histórico ambiental
Susceptibility;
land use and occupation;
supervised classification;
urban evolution;
environmental history
Issue Date: 13-Sep-2021
Publisher: UFMA
Abstract: O desenvolvimento urbanístico ocorrido na bacia hidrográfica do rio Anil nos últimos 50 anos, após o fenômeno migratório em direção à capital, agravou os problemas ambientais ocasionados por tensores antropogênicos. O rio, por sua vez, sofre com problemas de contaminação, assoreamento e desaparecimento de nascentes importantes nas áreas mais afetadas. Portanto, o presente trabalho tem o objetivo identificar como se deu o processo de urbanização na bacia e seus possíveis impactos sobre o ambiente, além de identificar as zonas mais suscetíveis a impactos ambientais. A metodologia abrange estudos realizados na área ao longo dos últimos 50 anos e classificação supervisionada do uso e ocupação da área. Os resultados revelam que, as áreas de vegetação deram espaço a indústrias e moradias formais e informais, ocupando a maior área da bacia, enfatizando que, a zona do alto curso do rio é a mais suscetível a impactos.
Description: The urban expansion that has taken place in the Anil river basin in the last 50 years, after the migratory phenomenon towards the capital, has aggravated the environmental problems caused by anthropogenic tensors. The river, in turn, suffers from problems of contamination, silting, and the disappearance of important springs in the most affected areas. Therefore, this work aims to identify how the urbanization process in the basin took place and its possible impacts on the environment, in addition to identifying the most susceptible áreas to environmental impacts. The methodology encompasses studies carried out in the area over the last 50 years and supervised classification of the use and occupation of the area. The results reveal that the vegetation areas gave space to formal and informal housing and industries, occupying the largest area of the basin, emphasizing that the upper course área of the river is the most susceptible to impacts.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/5257
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Oceanografia do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Antonio Jeferson M. Almeida.pdfTCC de Graduação9,2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.