Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/5318
Title: Educação das relações étnico-raciais: reflexões acerca da construção discursiva e imagética da cultura africana e afro-brasileira no livro didático de Sociologia
Other Titles: Education of ethnic-racial relations: reflections on the discursive and imagetic construction of African and Afro-Brazilian culture in Sociology textbooks
Authors: DIAS, Thiago da Conceição
Keywords: Sociologia;
Livro Didático;
Relações Étnico-Raciais;
Movimento negro.
Sociology;
Textbook;
Ethnic-Racial Relations;
Black Movement.
Issue Date: 9-Sep-2021
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: RESUMO O presente estudo tem por objetivo analisar no livro didático de sociologia de uma escola de ensino médio da rede pública estadual de Bacabal – MA, o processo de implementação da Lei no 10.639/03 que instituem, respectivamente, a obrigatoriedade do ensino de história e culturas afro-brasileira e africana. Essa proposta busca problematizar e desnaturalizar as concepções estereotipadas que conferem aos povos africanos e afro-brasileiros uma pretensa inferioridade. Além disso, a pesquisa analisa de que modo as relações étnico-raciais têm sido abordadas no ensino de sociologia e quais possibilidades a ciência sociológica pode ajudar na implementação de uma educação antirracista, na valorização e no respeito à diversidade étnico-racial brasileira. O trabalho está divido em dois momentos. O primeiro aborda a história da escravização no Brasil, o legado cultural dos povos africanos, os conceitos de raça, cultura, representatividade negra e as articulações e movimentos de resistência que contribuíram para implementação de leis federais que complementa uma educação antirracista. O segundo traz uma discussão sobre a educação das relações étnico-raciais através dos resultados obtidos pela análise do livro didático Sociologia em Movimento utilizado na escola. Como metodologia para a investigação optou-se pelo estudo de caso com a contribuição da revisão bibliográfica e documental desenvolvida sob a perspectiva qualitativa, por meio da análise do livro didático e da observação de ações pedagógica antirracista na escola. Apesar do processo de implementação de uma educação para relações étnico-raciais está efetivando-se numa dinâmica de avanços e retrocessos, a experiência com a escola pesquisada expressa a necessidade de mobilização de ações curriculares significativas. Nesta perspectiva, conclui-se com os resultados desse estudo a necessidade de ressignificação de textos, imagens e culturas da população africana e afro- brasileira nos livros didáticos, uma vez que a visibilidade da população negra está caminhando para uma construção positiva.
Description: ABSTRACT This study aims to analyze the sociology textbook of a public high school in Bacabal, MA, the process of implementing Law 10.639/03, which institutes, respectively, the mandatory teaching of African and Afro-Brazilian history and culture. This proposal seeks to problematize and denaturalize the stereotypical conceptions that confer on African and Afro-Brazilian peoples an alleged inferiority. Furthermore, the research analyzes how ethnic-racial relations have been addressed in sociology teaching and what possibilities sociological science can help in the implementation of an anti-racist education, in the appreciation and respect for Brazilian ethnic- racial diversity. The work is divided in two parts. The first deals with the history of slavery in Brazil, the cultural legacy of the African people, the concepts of race, culture, black representation, and the articulations and resistance movements that contributed to the implementation of federal laws that complement an anti-racist education. The second brings a discussion about the education of ethnic-racial relations through the results obtained by the analysis of the textbook Sociology in Movement used in the school. As methodology for the investigation it was chosen the case study with the contribution of the bibliographical and documental review developed under the qualitative perspective, through the analysis of the textbook and the observation of antiracist pedagogical actions in the school. Although the process of implementing an education for ethnic-racial relations is taking place in a dynamic of advances and setbacks, the experience with the school researched expresses the need to mobilize significant curricular actions. In this perspective, we conclude with the results of this study the need for re-signification of texts, images and cultures of the African and Afro- Brazilian population in textbooks, since the visibility of the black population is moving towards a positive construction.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/5318
Appears in Collections:TCC de Graduação em Ciências Humanas/Sociologia do Campus de Bacabal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
THIAGODACONCEIÇÃODIAS.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.