Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/5844
Title: Histologia e ultraestrutura dos rins do gambá Didelphis marsupialis (Linnaeus, 1758)
Other Titles: Histology and ultrastructure of the kidneys of the opossum Didelphis marsupialis (Linnaeus, 1758)
Authors: FERREIRA, Rayanne do Nascimento
Keywords: marsupial;
microscopia;
morfologia;
mucura.
marsupials;
microscopy;
morphology;
mucura.
Issue Date: 4-Aug-2022
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: RESUMO O Didelphis marsupialis, conhecido popularmente como gambá ou mucura, é um marsupial que possui importantes papéis ecológicos no meio ambiente. É dispersor de sementes e realiza a regulação biológica de outras populações, contribuindo então com a manutenção da fauna e flora de uma região. Investigações acerca de sua morfologia são de suma importância para agregar informações que caracterizam esta espécie, contribuindo então com maior disponibilidade de dados que possam contribuir com a própria biologia da espécie. Nessa perspectiva, objetivou-se descrever histologicamente e ultraestruturalmente os rins do D. marsupialis. Para tanto, foram utilizados cinco gambás machos, adultos, capturados em armadilhas do tipo Tomahawk nas proximidades do Centro de Ciências de Chapadinha, da Universidade Federal do Maranhão. Após captura, os animais foram transportados para o Laboratório de Anatomia Animal e Comparada, para a realização dos procedimentos e análises necessárias à obtenção dos resultados. Ressalta-se que todos os procedimentos experimentais foram aprovados pela Comissão de Ética no Uso de Animais – CEUA/UFMA e ICMBio. Em seguida, os animais tiveram seus parâmetros biométricos aferidos e então, procedeu-se com a eutanásia. Os espécimes foram fixados em formaldeído a 10%, e após 48 horas realizou-se a dissecação dos espécimes, e fragmentos de 2 cm2 dos rins foram coletados para as análises histológicas e ultraestruturais. Para as análises histológicas, os fragmentos dos rins foram desidratados em séries crescentes de álcool etílico, diafanizados em xilol, incluídos em parafina, seccionados na espessura de 5 μm e corados em HE. Para as análises ultraestruturais, as amostras foram seccionadas e lavadas em ultrassom por um período de 15 minutos e acondicionadas em álcool 70% overnight, com posterior desidratação em séries crescentes de álcool, secagem em ponto crítico e metalizados com ouro para análise no microscópio eletrônico de varredura. Os resultados demonstraram que os rins do gambá D. marsupialis são órgãos parenquimatosos com duas regiões: uma cortical e medular. A zona cortical apresenta corpúsculos renais, formados por glomérulos e, a zona medular caracteriza-se principalmente pela presença dos túbulos coletores. Portanto, conclui-se que, os rins do D. marsupialis apresentam semelhança morfológica com outros mamíferos domésticos e silvestres descritos na literatura.
Description: ABSTRACT Didelphis marsupialis, popularly known as possum or mucura, is a marsupial with essential ecological roles in the environment. It is a seed disperser and performs the biological regulation of other populations, contributing to the maintenance of the fauna and flora of a region. Investigations about its morphology are essential to aggregate information that characterize this species, thus contributing to greater availability of data that can contribute to the species' biology. This study aimed to describe histologically and ultrastructurally the kidneys of D. marsupialis. For this purpose, five adult males were captured in Tomahawk traps near the Chapadinha Science Center of the Federal University of Maranhão. After capture, the animals were transported to the Laboratory of Animal and Comparative Anatomy to carry out the procedures and necessary analyzes to obtain the results. All experimentais procedures were approved by the Ethics Committee on the Use of Animals – CEUA/UFMA and ICMBio. Thus, the animals had their biometric parameters measured, and eutanásia procedures were performed. The material was fixed in formaldehyde (10%), and after 48 hours, the specimens were dissected, and kidney fragments were collected for histological and ultrastructural analysis. For histological analysis, the kidney fragments were dehydrated in increasing series of ethyl alcohol, cleared in xylene, embedded in paraffin, sectioned at 5 μm thick, and stained in HE. For the ultrastructural analyses, the sectioned samples were washed in ultrasound for 15 minutes and conditioned in 70% alcohol overnight, with subsequent dehydration in increasing alcohol, drying at the critical point, and metalized for analysis in the Scanning Electron Microscope. The results showed that the kidneys are parenchymal organs with two regions: cortical and medullary. The cortical present renal corpuscles formed by glomeruli and the medullary are characterized mainly by the presence of collecting tubules. Therefore, the kidneys of D. marsupialis show morphological similarities with other domestic and wild mammals described in the literature.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/5844
Appears in Collections:TCC de Graduação em Ciências Biológicas do Campus de Chapadinha

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RAYANNEDONASCIMENTOFERREIRA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.