Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/6257
Title: O impacto da pandemia covid-19 nos postos de trabalho das mulheres em Imperatriz/MA: um olhar sobre o Calçadão Comercial
Other Titles: The impact of the covid-19 pandemic on women's jobs in Imperatriz/MA: a look at the Calçadão Comercial
Authors: SILVA, Tayná Rodrigues de Sousa
Keywords: pandemia;
gênero;
Divisão Sexual do Trabalho.
pandemic;
gender;
Sexual Division of Labor.
Issue Date: 9-Nov-2022
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: RESUMO A partir do final do ano de 2019 o mundo viu surgir uma nova pandemia, essa ocasionada pelo COVID-19. Uma das medidas propostas para controle da crise sanitária foi o confinamento social (lockdown). Desse modo, medidas de restrição foram aplicadas conter a transmissão da doença, determinando isolamento social, entre outras, provocando o fechamento dos comércios não essenciais. Ocorre que as justificativas de alguns governantes para não implementar o confinamento total foram por questão econômica, no que se refere a isso, na realidade da cidade de Imperatriz- MA, teve o setor comercial afetado pela pandemia. É reconhecível que gera e movimenta a economia local, se constata o grande número de mulheres trabalhadoras nesse setor, principalmente como vendedoras. Esse presente estudo, se justifica na problemática da divisão sexual do trabalho agravada na pandemia, destacando o desemprego entre mulheres trabalhadoras do Calçadão de Imperatriz–MA a partir do fechamento parcial do comércio. Tendo como objetivo analisar o impacto da pandemia nos postos de trabalho, tendo como recorte o Calçadão Comercial da cidade entre os anos de 2020 e 2021. Para desenvolver nossa pesquisa utilizamos do levantamento bibliográfico com interesse nos temas: Mundo do Trabalho a partir da divisão sexual do trabalho; relações de gênero; Patriarcado e Trabalho. Também foram utilizados dados secundários sobre os impactos da pandemia nos postos de emprego a partir do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (CAGED). Além de entrevistas e aplicação que questionário com intuito de conhecer a realidade das trabalhadoras. Nesse sentido, destacamos o trabalho feminino como forma de reprodução ampliada do capital a partir das relações assimétricas de gênero no mundo do trabalho. Também contribuindo nos distintos papéis sociais de gênero, dos quais por intermédio de ação do patriarcado, e com isso, naturalizando o trabalho doméstico gratuito como tarefa exclusiva das mulheres que mantém sua invisibilidade para a sustentação do trabalho produtivo.
Description: ABSTRACT As of late 2019 the world saw the emergence of a new pandemic, this one occasioned by COVID-19. One of the measures proposed to control the health crisis was social confinement (lockdown). Thus, restrictive measures were applied to contain the transmission of the disease, determining social isolation, among others, causing the closure of non-essential businesses. It happens that the justifications of some governments for not implementing total containment were due to economic issues, in what concerns the reality of the city of Imperatriz-MA, the commercial sector was affected by the pandemic. It is recognizable that it generates and moves the local economy, it is noted the large number of women working in this sector, mainly as salespersons. This present study is justified in the problem of the sexual division of labor aggravated by the pandemic, highlighting the unemployment among women workers of the Calçadão in Imperatriz, MA, after the partial closing of the commerce. The objective is to analyze the impact of the pandemic on jobs, taking as a cut the city's commercial pedestrian mall between the years 2020 and 2021. To develop our research we used the bibliographical survey with interest in the following themes: World of Work from the sexual division of labor; gender relations; Patriarchy and Work. We also used secondary data on the impacts of the pandemic on jobs from the General Cadastre of the Employed and Unemployed (CAGED). In addition to interviews and the application of a questionnaire with the intention of getting to know the reality of female workers. In this sense, we highlight women's work as a form of expanded reproduction of capital based on asymmetrical gender relations in the world of work. It also contributes to the different social gender roles, which through the action of patriarchy, naturalizes free domestic work as an exclusive task for women who maintain their invisibility for the support of productive work.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/6257
Appears in Collections:TCC de Graduação em Ciências Humanas/Sociologia do Campus de Imperatriz

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TAYNÁRODRIGUESDESOUSASILVA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso565,73 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.