Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/1490
Title: DA IMPORTÂNCIA DA CONDIÇÃO DE IGUALDADE HUMANA NO ESTADO DE NATUREZA PARA A GERAÇÃO DO ESTADO DE SOCIEDADE EM HOBBES
Other Titles: THE IMPORTANCE OF THE CONDITION OF HUMAN EQUALITY IN THE STATE OF NATURE FOR THE GENERATION OF THE STATE OF SOCIETY IN HOBBES
Authors: COIMBRA, Fábio
Keywords: Hobbes;
Igualdade natural;
Estado de natureza;
Estado de sociedade;
Lei civil.
Thomas Hobbes;
Natural equality;
Warre;
Commonwealth;
Law.
Issue Date: 20-Dec-2011
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
Abstract: A presente pesquisa investiga a origem do Estado civil a partir da noção de igualdade humana no hipotético est ado de natureza à luz da filosofia política do filósofo inglês Thomas Hobbes. O pano de fundo, ou problema crucial suscitado pela pesquisa – o qual a põe em movimento – incide em buscar desvendar qual era a estratégia teórico-retórica de Hobbes, ao afirmar que, por natureza, todos os homens são iguais. O objetivo primordial a ser perseguido consiste numa tentativa de elucidar como a tese da igualdade natural entre os homens, sustentada por Hobbes no Capítulo XIII do Leviatã, se torna relevante para a geração do Estado de sociedade enquanto artifício criado pela vontade humana, a partir da superação do estado de natureza. No decorrer da pesquisa, evidenciar-se-á que o estado de natureza de Hobbes nada mais é do que uma descrição da humanidade vivendo em sua condição natural. Para dar conta do seu problema, a pesquisa constituir-se-á de três momentos. O primeiro busca esclarecer o conceito de estado de natureza teorizado por Hobbes partindo do princípio de que esse estado nunca existiu como substância dada e localizada. O segundo momento mostrará como se dá a teórica passagem do estado de natureza ao de sociedade a partir de um trabalho da razão entendida por Hobbes enquanto calculadora. E, no terceiro ( e ultimo momento) momento, versar-se-á sobre o Estado e a Lei Civil no intuito de esclarecer duas questões, a saber (primeiro) o que significa viver em sociedade e (segundo) mostrar a relevância e o significado da Lei civil para a continuidade (ou a vida) do Estado e dos indivíduos. A pesquisa parte do estado de natureza para compreender e, portanto, chegar ao de Sociedade.
Description: Monografia apresentada à Coordenação do Curso de Filosofia da Universidade Federal do Maranhão, como requisito para a obtenção do grau de Licenciado em Filosofia.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1490
Appears in Collections:TCCs de Graduação em Filosofia do Campus do Bacanga

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FábioCoimbra.pdfTrabalho de Conclusão de Curso443,88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools