Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/3878
Title: Educação de Jovens Adultos e Idosos em espaços não escolares
Other Titles: Young Adult and Elderly Education in non-school spaces
Authors: CRUZ, Valéria da Silva da
Keywords: Educação de Jovens Adultos e Idosos
Aprendizagem
Espaços não escolares
Education of young adults and elderly people
Learning
Non-school spaces
Issue Date: 18-Jun-2019
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: O presente trabalho discute a Educação de Jovens, adultos e idosos em ambientes não escolares. Com o intuito de descobrir sobre como funcionam essas turmas, quem são os alunos e porque optaram por essa forma de ensino. Destaca-se portanto, que a Educação de jovens, adultos e idosos (EJAI), também conhecida como educação popular, é constituída por um público de jovens, adultos e idosos aos quais foram negados o direito à educação durante a infância, seja pela oferta irregular de vagas, pelas inadequações do sistema de ensino ou pelas condições socioeconômicas desfavoráveis, tornando-se assim, uma modalidade de ensino especificamente pensada para uma população que não se define somente pelo recorte cronológico da juventude, vida adulta ou da terceira idade. Nessa perspectiva, Silva (2009), Soares (2001) e Haddad (2002) ao discutirem o processo de escolarização da EJA, defendem que as práticas de ensino e aprendizagem não devem se limitar a transmissão de conteúdos disciplinares. Para tanto, a investigação com os resultados apresentados nessa pesquisa, foi desenvolvida com base em pesquisa de campo e bibliográfica, coletadas a partir da realidade educacional oferecida no Instituto Resgatando Para Cristo localizado na Rua Dr. José Anselmo (Vila Fomento), 1655, Casa A, São Benedito, Codó, MA, CEP 65400-000 . Em razão dessa diversidade social e cultural, esses sujeitos demandam uma politica pública diferenciada. Em razão da problemática em questão, é que se propõe entender como essa modalidade acontece em ambientes não escolares e quais ambientes oferecem tal ensino na cidade de Codó-MA. Diante dos dados, pode-se perceber que a EJAI não recebe o reconhecimento e visibilidade que merece, e em espaços não escolares isso se torna ainda mais complicado. Portanto, pensar na Educação de Jovens, adultos e idosos para além dos muros da escola, requer bastante planejamento, pois é uma educação que lida com histórias, vivências e força de vontade.
Description: ABSTRACT This paper discusses the education of young people, adults and the elderly in non-school environments. In order to find out how these classes work, who the students are and why they chose this form of teaching. It should therefore be pointed out that Education for Young People, Adults and the Elderly (EJAI), also known as popular education, is made up of an audience of young people, adults and the elderly denied the right to education during childhood, irregularity of vacancies, inadequacies in the educational system or unfavorable socioeconomic conditions, thus becoming a type of education specifically designed for a population that is defined not only by the chronological cut of youth, adult life or the elderly. In this perspective, Silva (2009), Soares (2001) and Haddad (2002) when discussing the schooling process of EJA, argue that teaching and learning practices should not be limited to the transmission of disciplinary contents. To do so, the research with the results presented in this research was developed based on field and bibliographical research, collected from the educational reality offered at the Rescuing Christ Institute. Because of this social and cultural diversity, these subjects demand a differentiated public policy. Because of the problematic in question, it is proposed to understand how this modality happens in non-school environments and what environments offer such teaching in the city of Codó-MA. Given the data, it can be seen that the EJAI does not receive the recognition and visibility it deserves, and in non-school spaces it becomes even more complicated. Therefore, thinking about the education of young people, adults and the elderly beyond the walls of the school, requires a lot of planning because it is an education that deals with stories, experiences and willpower.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/3878
Appears in Collections:TCCs do Curso de Graduação em Pedagogia do Campus de Codó

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VALERIA-CRUZ.pdfTrabalho de Conclusão de Curso539,3 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.