Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/4935
Title: Avaliação da cobertura vacinal e internações por condições sensíveis à atenção primária preveníveis por imunização
Other Titles: Evaluation of vaccination coverage and hospitalizations for conditions sensitive to primary care preventable by immunization
Authors: DURANS, Keyla Cristina Nogueira
Keywords: cobertura Vacinal;
internação hospitalar;
doenças preveníveis por vacina;
notificação de doenças.
vaccination coverage;
hospitalization;
vaccine-preventable diseases;
disease notification.
Issue Date: 13-Aug-2021
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: RESUMO Objetivo: Descrever o número de casos de notificações e de internações relacionado às condições imunopreveníveis sensíveis à Atenção Primária e compará-lo à cobertura vacinal do estado do Maranhão e do Brasil no período de 2010 a 2019. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, transversal, de natureza quantitativa, que utilizou dados disponíveis em bases secundárias sobre a Cobertura Vacinal (CV), morbidade por Doenças Preveníveis por Vacina e sobre as Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (ICSAP), sendo analisado mediante software Microsoft Excel. Resultados: Como resultado, as CV apresentaram decréscimo no estado do Maranhão e a nível federativo, ambos a partir de 2015, com os menores valores para as vacinas BCG, Hepatite A, Tríplice viral, Tetraviral e Poliomielite, importantes ao calendário básico infantil. Em relação às notificações de doenças, apresentaram aumento de casos: Coqueluche, Hepatite B e Tuberculose em ambas localidades, e o Sarampo predominantemente no Brasil a partir de 2018. A mesma tendência acompanha as ICSAP, com os maiores aumentos de internações pelas mesmas doenças supracitadas. Considerações Finais: Dados como esses demonstram a importância do acompanhamento da cobertura vacinal no país. Outrossim, ações de imunização, como a educação em saúde e investimento em insumos, podem contribuir para um maior crescimento e desenvolvimento da saúde no país, além de possivelmente diminuir os gastos despendidos em internações hospitalares.
Description: ABSTRACT Objective: To describe the number of cases of notifications and hospitalizations related to immunopreventable conditions sensitive to Primary Care and compare them to the vaccination coverage in the state of Maranhão and Brazil in the period 2010-2019. Methods: This is a descriptive, cross-sectional, quantitative study, which used data available in secondary databases on Vaccine Coverage (CV), morbidity by Vaccine Preventable Diseases and on Hospitalizations for Primary Care-Sensitive Conditions (PCSCI), and was analyzed using Microsoft Excel software. Results: As a result, CVs showed a decrease in the state of Maranhão and at the federative level, both from 2015, with the lowest values for the BCG, Hepatitis A, Viral Triplet, Tetraviral and Poliomyelitis vaccines, important to the children’s basic calendar. Regarding disease notifications, Pertussis, Hepatitis B and Tuberculosis showed increases in both locations, and measles predominantly in Brazil as of 2018. The same trend accompanies HCAIs, with the largest increases in hospitalizations for the same aforementioned diseases. Final Considerations: Data such as these demonstrate the importance of monitoring vaccination coverage in the country. Furthermore, immunization actions, such as health education and investment in inputs, can contribute to greater growth and development of health in the country, and possibly reduce the costs spent on hospital admissions.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/4935
Appears in Collections:TCCs do Curso de Graduação em Enfermagem do Campus de Pinheiro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KEYLACRISTINANOGUEIRADURANS.pdfTrabalho de Conclusão de Curso824,82 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.