Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/6113
Title: HIPERTENSÃO ARTERIAL EM IDOSOS: Fatores determinantes para a não adesão a terapêutica medicamentosa, potencializados pela pandemia da COVID-19
Other Titles: ARTERIAL HYPERTENSION IN THE ELDERLY: Determining factors for non-adherence to drug therapy, potentiated by the COVID-19 pandemic
Authors: RAMOS, Paulo Henrique Oliveira
Keywords: Hipertensão arterial;
Tratamento farmacológico;
Idoso;
Adesão terapêutica
Hypertension;
Pharmacological treatment;
Elderly;
Therapeutic adherence
Issue Date: 14-Jan-2023
Publisher: UFMA
Abstract: Os fatores que determinam a não adesão do idoso hipertenso de HAS ao tratamento medicamento da HAS são diversos, mas evidências científicas demonstram, que muitos fatores podem contribuir para a não adesão ao tratamento medicamentoso. Somado a estes determinantes, a pandemia da COVID-19 potencializou a não adesão, fatores estes que podem ser individuais (idade, situação econômica) até os relacionados ao próprio tratamento e ao sistema de saúde. Este trabalho teve como objetivos: discorrer e evidenciar na literatura os fatores determinantes da não adesão do paciente idoso hipertenso de HAS à terapêutica medicamentosa, bem como caracterizar nos estudos elencados os fatores de intercessão da não adesão. Utilizou-se como metodologia a revisão de literatura que tem como finalidade a análise e síntese dos fatores determinantes para a não adesão do idoso hipertenso ao tratamento medicamentoso. Foram analisadas as publicações produzidas entre 2018 e 2022, com textos completos e disponíveis nas bases de dados Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Google Acadêmico, além do manual da 7ª Diretrizes Brasileira de Hipertensão Arterial e da Organização Mundial da Saúde (OMS) em português ou inglês. A busca nas bases de dados resultou na identificação de 1.203 artigos. Foram excluídos artigos por não contemplarem o objetivo proposto, por repetição ou por não obedecerem aos critérios de inclusão, por duplicidade e por não responderem à pergunta norteadora. Após a leitura final foram selecionados 32 artigos para serem discutidos no desenvolvimento desse trabalho. Tendo como resultados pela interseção dos artigos a identificação dos fatores determinantes para a não adesão do idoso hipertenso de HAS à terapêutica medicamentosa e demonstrar quais estão associados ao idoso e ao sistema de saúde. Busca-se ainda expor as repercussões da não adesão na vida do idoso e a contribuição da assistência de enfermagem perante este contexto. Como considerações finais a evidência na literatura os fatores determinantes da não adesão do paciente idoso hipertenso de RAS à terapêutica medicamentosa. Constatou-se que muitos fatores interferem para a não adesão do idoso à terapêutica medicamentosa, fatores estes que estão atrelados ao próprio idoso e ao sistema de saúde, à medida que aquele apresenta dificuldades em seguir o esquema terapêutico proposto, seja por sua complexidade, esquecimento, efeitos adversos dos medicamento e sua crença em medicamentos alternativos de cunho empírico. Destacou-se que por se trata de um estudo de revisão de literatura e que abrange um período de tempo específico, uma população com idade pré-estabelecida, e artigos em língua portuguesa, se configura como limitações. Diante disso, recomenda-se a elaboração de estudos que contemplem outros públicos e que abordem a temática levando em conta outros intervalos de tempo assim como também outras realidades locais e culturas diferentes.
Description: The factors that determine the non-adherence of the elderly with arterial hypertension to the medication treatment of SAH are diverse, but scientific evidence demonstrates that many factors can contribute to the non-adherence to the medication treatment. In addition to these determinants, the COVID-19 pandemic has increased non-adherence, factors that can be individual (age, economic situation) or related to the treatment itself and the health system. The objectives of this work were: to discuss and highlight in the literature the determining factors for non-adherence of elderly patients with SAH to drug therapy, as well as to characterize the intercession factors of non-adherence in the listed studies. A literature review was used as a methodology, with the purpose of analyzing and summarizing the determining factors for the non-adherence of elderly people with arterial hypertension to drug treatment. Publications produced between 2018 and 2022 were analyzed, with full texts and available in the Scientific Electronic Library Online (SciELO), Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences (LILACS) and Google Scholar databases, in addition to the manual of the 7th Brazilian Guidelines on Arterial Hypertension and the World Health Organization (WHO) in Portuguese or English. The search in the databases resulted in the identification of 1,203 articles. Articles were excluded for not meeting the proposed objective, for repetition or for not meeting the inclusion criteria, for duplicity and for not answering the guiding question. After the final reading, 32 articles were selected to be discussed in the development of this work. As a result of the intersection of the articles, the identification of the determining factors for the non-adherence of the elderly with SAH to drug therapy and demonstrate which are associated with the elderly and the health system. It also seeks to expose the repercussions of non adherence in the life of the elderly and the contribution of nursing care in this context. As final considerations, the evidence in the literature on the determining factors of non-adherence of elderly patients with RAS to drug therapy. It was found that many factors interfere with the non-adherence of the elderly to drug therapy, factors that are linked to the elderly and the health system, as they have difficulties in following the proposed therapeutic regimen, either due to their complexity, forgetfulness , adverse drug effects and their belief in empirical alternative medicines. It was highlighted that because it is a literature review study and that it covers a specific period of time, a population with a pre-established age, and articles in Portuguese, it is configured as limitations. In view of this, it is recommended to develop studies that include other audiences and that address the theme taking into account other time intervals as well as other local realities and different cultures.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/6113
Appears in Collections:TCCs do Curso de Graduação em Enfermagem do Campus de Pinheiro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAULO HENRIQUE OLIVEIRA RAMOSvec.pdfTCC de Graduação19,84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.