Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/123456789/6740
Title: Efeitos da influência familiar sobre a prevalência de fatores de riscos para doenças cardiovasculares em crianças de 10 a 14 anos
Other Titles: Effects of family influence on the prevalence of risk factors for cardiovascular disease in children aged 10 to 14 years
Authors: SILVA, Marla Mayra Martins da
Keywords: doença cardiovascular;
fatores de riscos;
influência familiar;
crianças e adolescentes;
cardiovascular disease;
risk factors;
family influence;
children and teenagers.
Issue Date: 13-Jul-2023
Publisher: Universidade Federal do Maranhão
Abstract: RESUMO Introdução: Os fatores de risco cardiovasculares são predisponentes para o desenvolvimento de doenças do aparelho circulatório. Durante a fase infantil o acúmulo desses fatores pode levar a consequências durante a fase adulta, além de ser um fator de associação que pode ocasionar a morte prematura, sendo uma das maiores preocupações quando se trata de morbimortalidade. Objetivo: Investigar os efeitos da influência parental sobre a prevalência de fatores de riscos para doenças cardiovasculares em crianças de 10 a 14 anos. Método: A pesquisa é caracterizada como transversal, sendo a população composta por crianças de 10 a 14 anos de idade e seus respectivos responsáveis legais, em que foram submetidos a avaliação do nível de atividade física (IPAQ), medidas antropométricas (circunferência da cintura, abdômen e quadril, estatura e índice de massa corporal), pressão arterial e variáveis bioquímicas (Colesterol total, HDL, LDL e triglicerídeos). A prevalência dos fatores de risco cardiovascular, bem como o nível de atividade física e o estágio nutricional são apresentados em medidas de proporção, bem como foi calculado uma razão de prevalência nessas análises. A fim de observar associação entre os fatores de risco cardiovascular, nível de atividade física e estágio nutricional, foi aplicado o teste de Qui-quadrado. Para todas as análises foi admitido um intervalo de confiança de 95% e um p < 0,05 como nível de significância. Resultados: Os principais resultados deste estudo foram: 1) os filhos de pais com sobrepeso ou obesidade, possuem uma maior prevalência de estarem com sobrepeso ou obesidade e de estarem com índice da relação cintura-quadril elevado, quando comparados a filhos de pais eutróficos; 2) os filhos de pais inativos possuem uma maior prevalência de estarem inativos e com sobrepeso ou obesidade quando comparados aos filhos de pais ativos. Discussões: a literatura apresenta a forte relação entre IMC dos filhos e seus respectivos pais, relacionando-os principalmente com o ganho de peso na infância e adolescência em decorrência dos inadequados hábitos alimentares de seus pais. A influência parental sobre o comportamento dos filhos pode ir além de questões nutricionais, podendo promover nos filhos o desinteresse por programas de atividade física, esporte e lazer ativo. Conclusão: O estilo de vida familiar, em combinação com outros determinantes dos hábitos relacionados a atividade física e alimentares dos pais, desempenham um papel ativo na determinação dos hábitos das crianças e adolescentes. A influência dos pais na formação do estilo de vida saudável é decisiva na construção dos padrões comportamentais que os orientam na adolescência e na vida adulta.___ABSTRACT Introduction: Cardiovascular risk factors are predisposing to the development of diseases of the circulatory system. During childhood, the accumulation of these factors can lead to consequences during adulthood, in addition to being an association factor that can lead to premature death, being one of the biggest concerns when it comes to morbidity and mortality. Objective: To investigate the effects of parental influence on the prevalence of risk factors for cardiovascular disease in children aged 10 to 14 years. Method: The research is characterized as cross-sectional, with the population consisting of children aged 10 to 14 years old and their respective legal guardians, who were submitted to an assessment of their physical activity level (IPAQ), anthropometric measurements (waist circumference, abdomen and hips, height and body mass index), blood pressure and biochemical variables (total cholesterol, HDL, LDL and triglycerides). The prevalence of cardiovascular risk factors, as well as the level of physical activity and nutritional status are presented in proportion measures, and a prevalence ratio was calculated in these analyses. In order to observe the association between cardiovascular risk factors, level of physical activity and nutritional stage, the chi-square test was applied. For all analyses, a confidence interval of 95% and p < 0.05 were used as the significance level. Results: The main results of this study were: 1) children of overweight or obese parents have a higher prevalence of being overweight or obese and having a high waist-to-hip ratio, when compared to children of eutrophic parents; 2) children of inactive parents have a higher prevalence of being inactive and overweight or obese when compared to children of active parents. Discussions: the literature shows a strong relationship between the children's BMI and their respective parents, relating them mainly to weight gain in childhood and adolescence as a result of the inadequate eating habits of their parents. Parental influence on children's behavior can go beyond nutritional issues, and may promote in children a lack of interest in physical activity programs, sports and active leisure. Conclusion: Family lifestyle, in combination with other determinants of parents' physical activity and eating habits, play an active role in determining the habits of children and adolescents. The influence of parents in the formation of a healthy lifestyle is decisive in the construction of behavioral patterns that guide them in adolescence and adult life.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/6740
Appears in Collections:TCCs do Curso de Graduação em Enfermagem do Campus de Pinheiro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARLAMAYRA.pdfTrabalho de Conclusão de Curso1,37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.